Opinião - Editorial

A crueldade com que um estuprador satisfaz os seus prazeres carnais com uma criança, com uma adolescente ou com uma mulher adulta deve-lhe ser restituída através de algum castigo severo que valha e legalmente determinado pelas instituições competentes, o que para a nossa realidade não passa de uma miragem diante do desespero de quem sofre por isso. E é notável nas vítimas o martírio e os traumas que resultam deste mal que tende a ser comum.

O abuso sexual contra as mulheres, mormente contra as menores de idade, é um crime hediondo a evoluir, paulatinamente e de forma violenta, em diferentes parcelas do território moçambicano, perante a incapacidade das autoridade de contê-lo. Os relatos que a cada dia chegam de vários pontos falam por si. As famílias, por sua vez, parecem estar inconscientes do perigo que o estupro representa para a sociedade e dos traumatismos que causa nas vítimas, pois ainda enferma de dificuldades para denunciar esta indecência a que estamos expostos.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 10:25
 
Vida e Lazer - Cultura

As representações melódicas contra actos que fustigam as muthiana orera – mulheres bonitas – estão a dominar a inspiração dos músicos da cidade de Nampula. Por exemplo, Mussa Matano, para lutar contra os casamentos e gravidezes precoces, compôs a música “Kosiveliwa” que significa gosto de ti. O jovem, com 12 anos de carreira, lançará brevemente o seu primeiro álbum que vai contar com igual número de temas.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 17:25
 
Destaques - Nacional

Gregório Basílio, de 12 anos de idade, nasceu com as pernas atrofiadas, facto que o impede de se locomover. Residente no posto administrativo de Imala, distrito de Muecate, na província de Nampula, o desejo do petiz era poder deslocar-se pelo recinto da sua residência sem a ajuda dos seus parentes. Recentemente, o rapaz venceu uma batalha, ao obter uma cadeira de rodas, o que vai tornar possível a realização do seu sonho de infância: ir à escola.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 17:28
 
Destaques - Democracia

A Associação para a Defesa das Minorias Sexuais, Lambda, aguarda, desde 2008, por uma resposta a um pedido submetido à Conservatória dos Registos das Entidades Legais, em Maputo. Neste momento, o expediente jaz no Ministério da Justiça e este, num flagrante acto que viola a legislação em vigor no país, recusa-se, sem nenhum argumento plausível, a conceder o registo.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 10:24
 
Destaques - Nacional

Na verdade, as feiras agro-pecuárias que se realizam em Guiúa, nos arredores da cidade de Inhambane, todas as terças e sextas-feiras, vão para além de um simples mercado de compra e venda de produtos diversos, incluindo alimentos e vestuário. Enfeirar é um acto que extravasa e torna o lugar onde acontece num ponto de encontro para o qual as pessoas se dirigem, também, para compartilhar pequenas e grandes emoções da vida. E, nessa perspectiva, a impressão que fica é a de que o negócio é apenas um pretexto. Quer dizer, nos dias indicados, a cidade vai desaguar temporariamente em Guiúa. Homens e mulheres metem-se nos “chapas”, ou em carros próprios, ou ainda a pé, numa azáfama que vai passar pela escolha dos produtos, para depois se discutirem os preços que acabam por ser aceites pelas partes envolvidas. Mas todo este enredo implica necessariamente o diálogo, que vai juntar pessoas de diferentes origens, e isso, afinal, é que torna aquele lugar um palco vital.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 17:41
 
Vida e Lazer - Cultura

A Associação Cultural Wuchene foi apurada, pela quarta vez consecutiva, e irá participar em mais uma edição do Festival Nacional da Cultura que, este ano, decorre entre 14 e 19 de Agosto, em Inhambane. Neste sentido, em conversa com o @Verdade,, o líder da agremiação, Mário Mucavele, revela pormenores da experiência da colectividade.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 10:51
 
Destaques - Desporto

O Moçambola já vai na 15ª jornada, e as formações do Ferroviário de Pemba, Estrela Vermelha da Beira e do Têxtil de Púnguè encontram-se na zona de despromoção, mas os técnicos daquelas colectividades ainda acreditam na manutenção na fina-flor do futebol moçambicano. Arnaldo Ouana, treinador do Ferroviário de Pemba, apesar de ocupar a ultima posição com 10 pontos, e haver somado duas derrotas nas primeiras jornadas da 2ª volta, ainda acredita na manutenção dos representantes de Cabo Delgado no Moçambola. “Ainda temos 12 jogos por disputar e tudo pode acontecer, nada está perdido, a missão é bastante espinhosa, mas isso não nos pode intimidar."

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 17:02
 
Vida e Lazer - Cultura

Na cidade de Maputo, concretamente, no bairro da Malhangalene, vive Fataha Takidir, um músico nato, cuja vontade que se nota pela aparência e seus actos é contribuir para o desenvolvimento da música moçambicana. A ele pertence a missão de, com a sua música “Wuyane Inhambane”, ou simplesmente “Bem-vindos a Inhambane”, acolher e aquecer, antes do momento da festa, o público que se juntará no Festival Nacional da Cultura, a decorrer, em Agosto próximo, na terra da boa gente.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 17:27
 
Destaques - Democracia

A substituição dos secretários (do partido Frelimo) e líderes comunitários pelos membros do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) está a gerar polémica no seio das populações da cidade de Nampula. Trata-se de 23 líderes do primeiro escalão (cinco régulos e 18 secretários dos bairros), 172 do segundo (50 cabos e 152 chefes das unidades comunais), 128 do terceiro escalão (chefes das povoações) que, nos meses de Fevereiro e Março do presente ano, foram exonerados e substituídos por outros, por decisão do Conselho Municipal.

Actualizado em Quinta, 24 Julho 2014 17:45
 

Meninas e Meninos, Senhoras e Senhores, Avôs e Avós

Os mamparras desta semana são os gestores de topo da Moçambique Celular (Mcel), a empresa de telefonia móvel de bandeira que, a propósito de um concurso, tem estado a “agredir” os seus clientes do serviço pré-pago, com mensagens quase que forçosas para que estes adiram ao mesmo.