Opinião - Editorial

Disse Karl Marx que “a história se repete, primeiro como tragédia e segundo como farsa”. Porém, a realidade de Moçambique tem mostrado outro cenário: a história sempre se repete como tragédia, sobretudo quando se trata de calamidades naturais como, por exemplo, a passagem do ciclone tropical Dineo pela província de Inhambane. Nesse ponto do país, o vento deitou abaixo milhares de infra-estruturas, com destaque para estradas, escolas, unidades sanitárias, entre outros edifícios públicos.

Este não é um caso isolado. A nível nacional, sempre que chove ou verifica-se um vendaval, há registos de danos humanos e materiais incalculáveis, facto que deixa transfigurado o país. A título de exemplo, desde o final do ano passado até à presente data, dezenas de infra-estruturas públicas desabaram, colocando a nú a qualidade das mesmas. Aliás, hoje em dia, parece que ninguém tem dúvidas em relação à má qualidade das infra-estruturas públicas que são erguidas no país.

 
Vida e Lazer - Motores

Vinte e duas pessoas morreram e outras 132 ficaram feridas, 44 das quais com gravidade, devido a 27 acidentes de viação ocorridos entre 11 e 17 de Fevereiro corrente, nas estradas moçambicanas.

 
Destaques - Nacional

Um adolescente de 14 anos de idade pôs fim à sua vida com recurso a um lençol, no princípio da tarde desta quinta-feira (23), no bairro de Intaka, no município da Matola, por razões ainda por esclarecer.

 
Destaques - Nacional

Foto de Adérito CaldeiraOs operadores das fazendas do bravio localizadas na regiões adjacentes ao Parque Transfronteiriço do Grande Limpopo, entre as barragens de Corrumane e Massingir, pretendem investir no aeródromo de Massingir para que seja aberto ao tráfego aéreo internacional como forma de potenciar o Turismo, “o turista não quer ter embaraços” nem perder “tempo com voltas”.

 
Destaques - Newsflash

Três indivíduos armados e a monte rasteiraram um cidadão e arrancaram-lhe 200 mil meticais, na manhã desta quinta-feira (23), na cidade de Quelimane, província da Zambézia, à entrada de um banco.

 
Destaques - Newsflash

Um membro da Polícia da República de Moçambique (PRM) está privado de liberdade nas celas da 6a esquadra no bairro de Infulene “A”, no município da Matola, acusado de patrulhamento ilegal, assaltos e extorsão a cidadãos no bairro de Ndlavela.

 
Destaques - Newsflash

Um indivíduo encontra-se a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) na província de Maputo, acusado de envolvimento em assaltos na via pública com recurso à catana na companhia do seu comparsa, agora foragido.

 
Destaques - Democracia

As Forças de Defesa e Segurança (FDS) em Moçambique e os apoiantes do maior partido da oposição, a Renamo, cometeram violações de direitos humanos com impunidade, entre os quais assassinatos, tortura e outros maus-tratos, o que forçou milhares de pessoas a fugirem para o Malawi e Zimbabwe. Quem o diz é a Amnistia Internacional (AI) no seu relatório intitulado “O Estado dos Direitos Humanos no Mundo”.

 
Destaques - Newsflash

Um agente da Polícia da República de Moçambique (PRM), que ocupava o cargo de chefe de sector, afecto à subunidade de Miriam Ngabi, na cidade de Nampula, está detido na companhia de três, desde 15 de Fevereiro em curso, no Comando Distrital de Cuamba, província do Niassa, acusados de tentativa de assalto a um camião que transportava quantidades significativas de cigarro e dinheiro.

 
Destaques - Newsflash

Uma cidadã de 38 anos de idade está gravemente ferida em consequência da explosão de um recipiente de gasolina, na passada sexta-feira (17), no distrito de Metuge, província de Cabo Delgado.