Mais de 3 mil pessoas em situação de emergência na província de Gaza
Vida e Lazer - Ambiente
Escrito por Adérito Caldeira  
Sexta, 05 Janeiro 2018 07:55
Share/Save/Bookmark

As chuvas e ventos fortes que caíram durante a passagem do ano na Região Sul de Moçambique danificaram infra-estruturas e deixaram mais de 3 mil pessoas em situação de emergência na província de Gaza.

A época chuvosa que vai a meio está perto do seu pico, entre 29 de Dezembro e 3 de Janeiro chuvas fortes foram registadas em todo o país mas com maior incidência nas províncias da Zambézia, Nampula, Niassa e Cabo Delgado “onde a precipitação acumulada esteve entre 100 e 200 milímetros”, revelou em conferência de imprensa em Maputo o porta-voz do Instituto Nacional de Calamidades Naturais(INGC), Paulo Tomás.

A fonte disse ainda que as autoridades de emergência registaram um vendaval na província de Tete que causou danos a 14 casas e afectou pelo menos 70 cidadãos.

Entretanto as chuvas acompanhadas de ventos fortes que caíram entre 31 de Dezembro e 2 de Janeiro provocaram muitos danos na província de Gaza onde destruíram 623 habitações e afectaram a 3.213 pessoas.

Paulo Tomás confirmou também a informação avançada pelo @Verdade relativamente a proximidade da tempestade tropical Ava, a primeira da época no oceano Índico, que deverá causar ventos fortes nas zonas costeiras das províncias da Zambézia, Sofala e Norte de Inhambane.

Para os próximos dez dias o Centro Nacional Operativo de Emergência (CENOE) prevê “a continuação de chuvas em todo o país, com maior destaque para a província de Cabo Delgado, onde se espera a ocorrência de precipitação significativa”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quarta, 17 Janeiro 2018 21:49
 
Avaliação: / 2
FracoBom