Soltas <


Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 17 Outubro 2017 08:07

Moçambique deve, até 2030, assegurar a educação inclusiva, equitativa, de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem para todas as crianças, no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e de outros instrumentos que subscreveu para o efeito. Contudo, o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) reconhece que, não obstante os esforços empreendidos pelo Governo nesse sentido, o acesso esse tipo instrução ainda está aquém do desejado, mormente a de alunos com necessidades educativas especiais.

Actualizado em Quinta, 14 Dezembro 2017 12:53
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 03 Outubro 2017 06:14

Foto de Júlio PaulinoPara a 6a classe, a inscrição irá acontecer de 18 de Dezembro próximo a 05 de Janeiro de 2018. O processo deverá abranger 494.523 alunos, dos quais 97.924 na Zambézia, 70.315 em Nampula, 47.056 em Sofala, 46.845 na província de Maputo, 44.841 em Tete, 42.987 em Inhambane, 40.755 em Manica, 33.642 em Gaza, 25.827 em Cabo Delgado, 23.545 no Niassa e 20.787 na cidade de Maputo.

Actualizado em Quinta, 30 Novembro 2017 08:54
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 03 Outubro 2017 06:08

ArquivoDecorre, a partir desta terça-feira (03) e prolongar-se-á até 30 de Dezembro próximo, em todo o território moçambicano, a inscrição das crianças que deverão frequentar a primeira classe, no ano 2018, anunciou o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH), em Maputo, reiterando que o processo é gratuito. Nenhum pai ou encarregado de educação deve deixar de matricular o seu filho e ou educando a tempo, alegadamente porque não dispõe de documentos para o efeito.

Actualizado em Quinta, 30 Novembro 2017 08:54
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 10 Agosto 2017 08:32

O combate às desistências, a conclusão do ensino primário em tempo previsto para o efeito, a garantia da aprendizagem efectiva, o combate ao absentismo dos professores e alunos, o combate aos casamentos prematuros e à gravidez precoce são alguns problemas, já conhecidos e com barba branca, que ainda persistem no nosso sistema de ensino, considerou o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH), esta quarta-feira (09), em Maputo.

Actualizado em Quarta, 30 Agosto 2017 11:47
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 15 Fevereiro 2017 07:02

Foto de Emildo SamboO antigo ministro da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH), actualmente reitor da Universidade Pedagógica (UP), Jorge Ferrão, diz que em nenhum momento proibiu o uso de mini-saias nos estabelecimentos do ensino público moçambicano, assunto que gerou pandemônio e debate na sociedade.

Actualizado em Quarta, 30 Agosto 2017 11:45
 
Escrito por Júlio Paulino   
Quinta, 19 Janeiro 2017 07:47

A superlotação das turmas, sobretudo nos cursos pós-laboral, a existência de docentes que supostamente forçam alunas a irem à cama com eles em troca de notas, as ameaças e perseguição, a venda de notas e a existência de professores faltosos são alguns dos problemas que tiram sono aos estudantes da Universidade Pedagógica (UP), delegação de Nampula. Eles alegam que tal cenário influencia sobremaneira no baixo aproveitamento pedagógico e na fraca qualidade de ensino.

Actualizado em Quarta, 30 Agosto 2017 11:44
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 12 Janeiro 2017 08:24

A partir deste ano, a Universidade Pedagógica (UP) não admite novos ingressos ao curso de Ciências Médicas, actualmente frequentado por 96 estudantes, na Faculdade de Ciências de Saúde, na cidade da Maxixe, província de Inhambane, por alegada questões de restruturação institucional.

Actualizado em Quarta, 30 Agosto 2017 11:46
 
Escrito por Redação   
Quarta, 11 Janeiro 2017 08:01

Dois estudantes da Universidade Católica de Moçambique (UCM), delegação da Beira, encontram-se a contas com as autoridades policiais, acusados de furto e venda de exames com os respectivos guiões de correcções.

Actualizado em Quinta, 12 Janeiro 2017 08:31
 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 30 Dezembro 2016 08:11

A inscrição da 1a classe do ensino público moçambicano, para o ano lectivo 2017, termina esta sexta-feira (30), mas milhares de crianças ainda não foram inscritas. De 1.383.029 novos ingressos previstos para este nível, apenas cerca de 43% foram matriculados desde o início do processo, a 03 de Outubro passado.

Actualizado em Sexta, 06 Janeiro 2017 09:19
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 19