Zena Bacar, a diva que emanava leite e mel e morreu na miséria (1949 – 2017)
Vida e Lazer - Cultura
Escrito por Redação   
Terça, 26 Dezembro 2017 05:54

@VerdadeFaleceu, vítima de doença prolongada na cidade de Nampula, Zena Bacar aos 68 anos de idade, na miséria. “A música é o dom de Deus. Não posso deixar de cantar só porque algumas pessoas não me valorizam. Tenho que valorizar essa enxada que Deus me deu” disse certa vez ao @Verdade a diva, que em nada se compara as meninas que vestem saias curtas, maquilham-se e vão ao palco abanar o traseiro!

Actualizado em Terça, 26 Dezembro 2017 15:22
 
“Ngoma Moçambique”: “Canção mais popular”, atribuída a Mr. Bow durante quatro anos, já pertence a Lourena Nhate
Vida e Lazer - Cultura
Escrito por Emildo Sambo   
Segunda, 11 Dezembro 2017 07:31

Os vencedores do concurso da música ligeira moçambicana, o “Ngoma Moçambique” – edição 2017 –, foram anunciados na última sexta-feira (08), numa gala, em Maputo. A maior condecoração, que é a da “melhor canção”, ficou nas mãos de Cambezo, que concorreu com o tema “Utumbi”. Os prémios revelação feminina e masculina – atribuídos a artistas que concorrem pela primeira vez – ficaram com para Rodália e Valdemiro Albino, respectivamente.

Actualizado em Sábado, 10 Março 2018 18:08
 
Venâncio Mbande, o “leão” da timbila
Vida e Lazer - Cultura
Escrito por Reinaldo Luís Nhalivilo   
Segunda, 15 Junho 2015 11:08

Não há dúvidas de que ele nasceu para “brilhar”. Actualmente tem 83 anos de idade, mas toca e canta desde os sete. Conhece o mundo graças à sua arte encantadora de tocar timbila. Nasceu na província de Inhambane, no célebre distrito cultural de Zavala. Já orgulhou o país e hoje, como inúmeros artistas da nossa praça, é desgraçado. Porque nasceu em “Mbandene”, o seu apelido é Mbande e tem o nome de Venâncio.

Actualizado em Sábado, 10 Março 2018 18:08
 
Pág. 1 de 80