Escultores vão abandonar "Galeria Escultura e Arte Macua" em Nampula
Vida e Lazer - Cultura
Escrito por Redação Centro/ Norte  
Terça, 16 Setembro 2014 11:24
Share/Save/Bookmark

Doze escultores que trabalham para uma associação denominada "Galeria Estrutura e Arte Macua", nos arredores da cidade de Nampula, ameaçam abandonar a prática daquela arte, devido ao agravamento da taxa semanal exigida pelo mentor daquele projecto cultural.

O projecto foi concebido por um cidadão, identificado pelo nome de Carlos Armindo da Silva, que teria estabelecido o valor de 1200 meticais para os escultores usarem a galeria de artes, mas, volvidos alguns meses, o mesmo passou a cobrar o dobro, facto que está a gerar desconforto no seio daqueles fazedores de arte.

João Eduardo, escultor com 20 anos de experiência, considera que o agravamento da taxa semanal só irá prejudicar os artistas que a escultura é a sua única fonte de rendimento. Os escultores dizem não ter outra alternativa, senão abandonar o projecto.

Carlos da Silva reitera que não vai recuar da decisão, por alegadamente estar a sofrer uma pressão por parte dos proprietários das instalações que exigem, igualmente, a subida do valor de arrendamento do espaço, onde se encontra instalado o projecto.

De referir que aqueles escultores prometeram deixar de exercer as suas actividades naquele projecto, dentro de três semanas, caso não haja qualquer consenso entre as partes.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Terça, 16 Setembro 2014 15:10
 
Avaliação: / 0
FracoBom