Locomotivas de Pemba almejam regressar ao Moçambola em 2016
Destaques - Desporto
Escrito por Duarte Sitoe  
Quinta, 23 Julho 2015 07:37
Share/Save/Bookmark

O Ferroviário de Pemba regressou ao convívio dos grandes do futebol moçambicano em 2014 depois de três anos a competir nos quarteirões; porém, os locomotivas não conseguiram, mais uma vez, manter-se na fina-flor do futebol nacional. O presidente daquele conjunto, Orio Banzane, acredita que o clube por ele presidido vai alcançar os objectivos preconizados para a presente temporada.

Em 2014, o Ferroviário de Pemba, de tanto lutar, chegou ao Moçambola, mas saiu derrotado na batalha da manutenção na competição. Este ano vai competir para regressar à alta-roda do futebol moçambicano.

Segundo Orio Banzane, presidente da formação locomotiva, nesta temporada o seu conjunto tem como aspiração o regresso ao Moçambola, mas para isso o clube é obrigado a ocupar os dois primeiros lugares do Campeonato Provincial de Cabo de modo a garantir uma vaga na Poule de Apuramento à mais importante prova no que diz respeito à modalidade de futebol em Moçambique.

“Depois de dois anos de muita luta conseguimos regressar ao convívio dos grandes do futebol nacional; porém, não alcançámos a manutenção. Nesta temporada, queremos vencer o Campeonato Provincial de Futebol de Cabo Delgado e garantir um lugar na Poule de Apuramento ao Moçambola do próximo ano. Na Poule Regional Norte, lutaremos com todas as armas para regressarmos à fina – flor do futebol nacional que é um dos objectivos preconizados para esta época”.

No ano transacto, depois de conseguir um lugar na fina-flor do futebol moçambicano, o Ferroviário de Pemba dispensou o grosso dos jogadores que conseguiu esse êxito e foi ao mercado contratar atletas com créditos firmados, mas Banzane disse ao @Verdade que o conjunto por ele presidido vai alterar esta política e apostar nos desportistas que foram imprescindíveis para o apuramento dos locomotivas ao Moçambola.

“No ano passado preterimos de jogadores que ganharam a Poule de Apuramento da Zona Norte e contratámos atletas experimentados, mas, mesmo assim, não conseguimos garantir a manutenção no Moçambola. Nesta temporada vamos apostar na prata da casa e se nos apurarmos para o Campeonato Nacional de Futebol iremos manter grande parte dos desportistas que alcançaram este êxito”, disse o dirigente para depois declarar o seguinte: “Queremos preparar a equipa a partir do Campeonato Provincial de modo a manter-nos no Moçambola 2016 caso ganhemos a Poule Regional Norte”.

Questionado sobre as razões que pesaram para o regresso do Ferroviário de Pemba a lugares subalternos, o nosso interlocutor foi parco em palavras. “Foram várias as razões que contribuíram para o nosso regresso aos quarteirões desde os internos até aos externos, mas não vou perder tempo a mencioná-las porque agora é tempo de trabalharmos para regressarmos ao escalão principal do futebol nacional”.

Apesar de ter sido desprovido ao Campeonato Provincial de Cabo Delgado, o Ferroviário de Pemba arrecadou o prémio de equipa Fair Play do Moçambola 2014. Para Orio Banzane, este prémio é motivo de alegria porque os locomotivas saíram da provas com uma conquista.

“Foram 14 equipas que fizeram parte da prova e nós conseguimos o galardão de campeão da disciplina. Este prémio é o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela equipa técnica, jogadores e a própria direcção do clube. Fomos despromovidos mas não saímos de mãos a abanar”.

Importa referir que, volvidas quatro jornadas do Campeonato Provincial de Cabo Delgado, o Ferroviário de Pemba lidera a competição com um total de nove pontos, mais dois que o segundo classificado, a Liga Desportiva, enquanto a Associação Desportiva de Pemba se encontra no terceiro e último lugar do pódio.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 3
FracoBom