Moçambola: Arnaldo Ouana afastado do comando técnico do Desportivo de Nacala
Destaques - Desporto
Escrito por Duarte Sitoe  
Sexta, 24 Julho 2015 07:42
Share/Save/Bookmark

A direcção do Desportivo de Nacala, pressionado pelos adeptos, demitiu Arnaldo Ouana do cargo de treinador daquela formação devido aos maus resultados registados nas últimas três jornadas da fina – flor do futebol moçambicano. Ouana é o sétimo treinador a ser afastado das suas funções, volvidas 16 rondas da presente edição do Moçambola.

Subiu para oito o número de treinadores que deixaram o cargo no Campeonato Nacional de Futebol da presente temporada. Depois da demissão de Antero Cambaco (Desportivo de Maputo), Vítor Urbano (Clube do Chibuto), Eurico da Conceição (ENH de Vilanculo), Lucas Barrarijo (Ferroviário da Beira), Vítor Pontes (Ferroviário de Maputo) e Nacir Armando (Ferroviário de Quelimane), Arnaldo Ouana, devido a resultados menos conseguidos, foi afastado do comando técnico do Desportivo de Nacala.

Segundo Momed Munir, presidente do actual 10º classificado do Moçambola, a direcção do clube por ele presidido teve que ceder à pressão dos adeptos e demitiu o treinador que dirigiu os destinos da formação de Nacala nas primeiras 15 jornadas.

“Nas três últimas partidas a equipa criou várias oportunidades para marcar, mas infelizmente não conseguimos concretizá-las. Quando não se ganha os resultados são esses. A massa associativa pediu a demissão do treinador e a direcção teve que ceder à pressão dos adeptos e afastou Arnaldo Ouana”.

Continuando, Munir agradeceu o profissionalismo de Ouana nos sete meses que esteve à frente do Desportivo de Nacala. “Se dependesse da direcção, Arnaldo Ouana ficaria até o final do seu vínculo contratual; porém, os sócios e simpatizantes decidiram que tínhamos que sacrificar o treinador e nós acatámos. Agradecemos ao treinador pelo grande trabalho desenvolvido nas 16 jornadas que dirigiu os destinos da equipa”.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom