Moçambola: Costa do Sol lidera isolado após derrota do Maxaquene na Beira
Destaques - Desporto
Escrito por Duarte Sitoe  
Segunda, 27 Julho 2015 08:38
Share/Save/Bookmark

O Costa do Sol isolou-se na liderança do Campeonato Nacional de Futebol após receber e vencer o Ferroviário de Quelimane, pela margem mínima, e aproveitar a derrota do Maxaquene, na sua deslocação ao terreno do Ferroviário da Beira. Outro Ferroviário, o da capital do país, também venceu nesta 16ª jornada do Moçambola e saltou para a terceira posição, beneficiando da derrota dos bicampeões nacionais no Songo.

Os canarinhos continuam a voar bem alto na 2ª volta do Moçambola este domingo, a jogar no seu relvado, a formação orientada por Nelson Santos recebeu o lanterna vermelha, Ferroviário de Quelimane e, graças a um golo de Parkim, perto do final da primeira parte, amealhou três pontos que permitiram ao Costa do Sol descolar dos tricolores que está a ressentir-se das ausências do seu treinador principal, do massagista e dos jogadores Simplex e Zabula e foram derrotados no Chiveve por 2 a 0 pelos locomotivas locais.

Gildo abriu o placar de cabeça, a um minuto do intervalo, e três minutos depois Paíto rematou forte para o fundo das malhas de Sozinho. A partida poderia ter terminado em goleada não fosse a falta de pontaria dos avançados beirenses que falharam pelo menos mais duas oportunidades de golo certo.

Ferroviário de Maputo troca de posição com o homónimo de Nacala

Sob o comando de Caló, o Ferroviário de Maputo continua com a sua franca recuperação, depois de uma primeira volta para esquecer que culminou com o afastamento de Vítor Pontes do comando técnico daquela histórica formação. Neste domingo enfrentaram o sensacional Ferroviário de Nacala que chegou ao estádio da Machava como terceiro classificado e a procurar manter essa posição.

Durante a primeira parte faltou pontaria aos avançados locomotivas, de ambos lados e com o nulo foi-se para o intervalo.

O bom espectáculo continuou na 2ª parte, com claro domínio dos anfitriões mas os guarda-redes, Jonas e Leonel, brilhavam e mantinham as balizas invioladas.

Quando tudo indicava que o embate terminaria com a divisão de pontos, no minuto 87, Jair flectiu pela direita e cruzou para a grande área, onde estava Edmilson que desferiu um míssil que só foi parar nas redes de Jonas e fixou o resultado final em 1 a 0.

Com este triunfo, os locomotivas da capital do país trocaram de posição com os locomotivas comandados por Sérgio Faife.

Em Tete, o HCB de Songo, graças a um tento de Cambala à passagem do minuto 82, derrotou o bicampeão nacional, a Liga Desportiva de Maputo, e manteve-se ligeiramente acima da linha de despromoção.

Em Nacala o Desportivo local foi derrotado pelo ENH FC, Eurico no minuto 18 marcou para os representantes de Inhambane.

Resultado mínimo também foi registado no final da partida entre as formações do Ferroviário de Nampula e 1º de Maio de Quelimane. O golo da equipa de Rogério Gonçalves foi marcado por Avelino.

Desportivo vence mas continua aflito

Na abertura da 16ª jornada, e depois de quase um mês sem vencer, os alvinegros regressaram aos triunfos no sábado.

Apesar do equilíbrio registado na primeira parte no que toca a posse bola, as duas equipas não criaram muitas oportunidades de golo. Aos três minutos, Lanito flectiu pela esquerda e cruzou, com conta peso e medida, para a grande área onde estava Mastyle que, em boa posição para inaugurar o marcador, rematou, mas a bola passou ao lado da baliza.

Na resposta dos forasteiros, Chawa passa de forma categórica por dois contrários mas, com apenas Wilson pela frente, não teve arte nem engenho para acertar nas redes alvinegras. O intervalo chegaria com o nulo no marcador.

Os eleitos de Dário Monteiro, tal como aconteceu na primeira parte, foram os primeiros a criar perigo. Decorria o minuto 49, quando Lanito, dentro da grande área, rematou para uma defesa segura de Zacarias.

Nesta fase, o jogo estava repartido e mais emotivo, visto que os dois conjuntos atacavam à busca do golo da vitória, mas sem deixar desguarnecido o seu sector mas recuado.

O avançado Johane foi o mais inconformado entre os guerreiros de Gaza. O astro dos forasteiros tentou por três vezes violar as redes de Wilson, mas não estava com a pontaria afinada, uma vez que os seus remates saíram desenquadrados.

Os alvinegros chegariam ao golo, à passagem do minuto 6, na sequência de um livre cobrado por Lanito, Sidique, que aproveitou a apatia da defensiva contrária para inaugurar o marcador e garantir os três pontos ao Desportivo de Maputo.

Antes do apito final, o Chibuto tentou chegar ao golo da igualdade; porém, as suas aspirações foram sol de pouca dura, visto que o seu rival defendeu com unhas e dentes a magra vantagem.

Com este triunfo, a equipa de Dário somou 18 pontos e saltou de forma provisória da 13ª posição para a 11ª, embora com os mesmos pontos que o Desportivo de Nacala que lidera o trio na zona de despromoção.

Eis os resultados da 16ª jornada:

Desportivo de Maputo 1 – 0 Chibuto FC

Costa do Sol 1 – 0 Ferroviário de Quelimane

Ferroviário da Beira 2 – 0 Maxaquene

Desportivo de Nacala 0- 1 ENH FC

Ferroviário de Maputo 1 – 0 Ferroviário de Nacala

HCB de Songo 1 – 0 Liga Desportiva de Maputo

Ferroviário de Nampula 1 – 0 1º de Maio de Quelimane

A classificação está desta forma ordenada:

CLUBESJVEDBMBSP
Costa do Sol1684318831
Maxaquene1684413828
Ferroviário de Maputo16754221226
Ferroviário de Nacala1674512825
Liga Desportiva Muçulmana1665518923
ENH FC 16655121523
Ferroviário de Nampula16646101222
Ferroviário da Beira16657151521
1º de Maio de Quelimane16484111320
10ºHCB do Songo1655691020
11ºGrupo Desportivo Maputo1646681318
12ºDesportivo de Nacala1646691718
13ºChibuto FC16367111315
14ºFerroviário de Quelimane1625962111

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 27 Julho 2015 10:43
 
Avaliação: / 0
FracoBom