Moçambola: Maxaquene derrota Costa do Sol e reassume a liderança
Destaques - Desporto
Escrito por Duarte Sitoe  
Segunda, 03 Agosto 2015 08:00
Share/Save/Bookmark

Com um tento solitário de Okhan à passagem do minuto 63, o Maxaquene recebeu e venceu, neste domingo (02), o Costa do Sol e regressou à liderança do Campeonato Nacional de futebol, em igualdade pontual com os canarinhos. Ainda a contar para 17ª jornada, e na luta pela manutenção, o Chibuto FC venceu o Desportivo de Nacala e somou 18 pontos os mesmo da equipa portuária e do Desportivo de Maputo que foi derrotado pela Liga Desportiva de Maputo.

No clássico em que se jogava a liderança, assim que soou o apito inicial do árbitro Mário Tembe o Costa do Sol assumiu o domínio do jogo criando o primeiro lance de perigo aos 8 minutos, depois de uma excelente combinação com Lineker, Ruben, dentro da grande área, rematou forte para uma defesa segura de Sozinho.

Cinco minutos depois os tricolores responderam, Butana, do meio da rua, rematou fraco para uma excelente intervenção de Soarito.

A partida ficou mais equilibrada e, à passagem do minuto 20, Lukman subiu pelo corredor direito e cruzou para a grande área onde Isac, sem oposição, não conseguiu rematar para a baliza de Soarito.

Antes do intervalo os avançados tricolores e canarinhos voltaram a mostrar a sua falta de pontaria desperdiçando boas jogadas de ataque.

Okhan garante o regresso à liderança

Depois do descanso o Maxaquene veio transfigurado e logo no segundo minuto colocou a bola no fundo das redes canarinhas, mas o árbitro anulou o lance por uma alegada mão na bola de Isac.

A equipa de Nelson perdia a luta no meio campo e as jogadas de perigo dos tricolores sucediam-se.

Aos 51 minutos, na sequência de um livre a castigar uma falta de Gerson sobre Lukman, Isac rematou para baliza mas Soarito fez uma grande defesa.

Na resposta Parkim, dentro da meia-lua, rematou rasteiro e a bola passou a escassos centímetros do poste direito de Sozinho que estava batido.

Até que no minuto 63 após mais uma boa jogado do ataque tricolor o golo aconteceu. Lukman lançou Rachid pela direita que cruzou para a grande área onde aparece Okhan, no segundo poste, rematou sem chances para Soarito.

Em desvantagem, o Costa do Sol subiu no relvado e à passagem do minuto 76, no seguimento de um livre a castigar uma falta de Nelson sobre Isac, Ruben rematou para uma defesa incompleta de Sozinho e na recarga Parkim não conseguiu rematar para a baliza.

O Maxaquene defendia como podia e, no minuto 90, Daínho flectiu pela direita e cruzou para a grande área onde Dário Khan, no meio de dois defesas, rematou fraco para uma intervenção segura de Sozinho.

Com este triunfo os tricolores reassumiram a liderança do Moçambola com os mesmos 31 pontos do Costa do Sol, mas com vantagem no confronto directo, porque venceram também o jogo da 1ª volta.

Liga Desportiva agudiza a crise do Desportivo de Maputo

Depois de três jogos sem vencer na presente segunda volta do Campeonato Nacional de Futebol, o Moçambola, a Liga Desportiva de Maputo alcançou o seu primeiro triunfo na 17ª jornada.

Os bi-campeões nacionais, graças a um golo de Telinho, derrotaram o Desportivo de Maputo por uma bola a zero, mas, diga-se em abono da verdade, os pupilos de Dário Monteiro, pela excelente segunda parte que fizeram, mereciam sair do campo da Matola C, no mínimo, com a divisão de pontos.

Com esta derrota, os alvi-negros continuam aflitos, visto que ocupam a 12ª posição com um 18 pontos, os mesmos do Chibuto FC e do Desportivo de Nacala que encontram-se na 10ª e 13ª posições, respectivamente.

O Ferroviário de Nampula não foi além de uma igualdade a uma bola na recepção ao HCB de Songo. Luís inaugurou o marcador para a equipa de Artur Semedo, mas os locomotivas chegariam ao empate através de um auto-golo de Stélio.

Ainda para a ronda 17, o Chibuto FC, que luta para fugir da zona de despromoção, derrotou o Desportivo de Nacala pela marca de 2 a 0.

O 1º de Maio e o Ferroviário, ambos de Quelimane, não foram além de uma igualdade sem abertura de contagem, enquanto o Ferroviário de Nacala perdeu diante do seu homónimo da Beira por uma bola sem concorrência.

No sábado (01), numa das partidas que deram o pontapé de saída da 17ª jornada, o ENH de Vilanculo e o Ferroviário de Maputo empataram a um golo.

Eis os resultados da 17ª jornada:

ENH FC 1 – 1 Ferroviário de Maputo

Liga Desportiva de Maputo 1 – 0 Desportivo de Maputo

Ferroviário de Quelimane 0 – 0 1º de Maio de Quelimane

Chibuto FC 2 – 0 Desportivo de Nacala

Ferroviário de Nampula 1 – 1 HCB de Songo

Maxaquene 1 – 0 Costa do Sol

Ferroviário de Nacala 0 – 1 Ferroviário da Beira

A classificação está assim ordenada:

 

CLUBESJVEDBMBSP
Maxaquene1794414831
Costa do Sol1784418931
Ferroviário de Maputo17764231327
Liga Desportiva Muçulmana1775519926
Ferroviário de Nacala1774612925
ENH FC 17665131624
Ferroviário da Beira17757161524
Ferroviário de Nampula17656111323
HCB do Songo17566101121
10º1º de Maio de Quelimane17494111321
11ºChibuto FC17467131318
12ºGrupo Desportivo Maputo1746791318
13ºDesportivo de Nacala1746791918
14ºFerroviário de Quelimane1726962112

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 03 Agosto 2015 09:36
 
Avaliação: / 2
FracoBom