Moçambola 2018: campeão perde pontos em Incomáti; Maxaquene derrota Ferroviário de Maputo
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  
Segunda, 12 Março 2018 07:25
Share/Save/Bookmark

Depois de vários empates e jogos adiados na jornada inaugural o Campeonato nacional de futebol começa a aquecer com uma jornada onde onde foram marcados 20 golos, apenas o campeão empatou sem golos diante do “açucareiros” de Incomáti. No segundo clássico da temporada os “tricolores” impuseram-se aos “locomotivas” de Maputo.

Depois do importante empate conquistado na 1ª jornada em casa do Costa do Sol, no primeiro clássico da época, o Maxaquene recebeu e derrotou o Ferroviário de Maputo no sábado, no estádio nacional do Zimpeto na abertura da 2ª jornada do Moçambola.

João, no minuto 22, recebeu a bola no centro do relvado, deixou para trás a subida defesa “canarinha” que ficou a pedir fora de jogo, na cara do guarda-redes Simplex teve calma para abrir o placar.

Dois minutos depois um jogador “tricolor” rematou de fora da área para defesa incompleta do guardião do Costa de Sol e Jair, oportuno, emendou para o fundo das redes.

À meia hora de jogo Bernardo tentou, de bicicleta, voltar a visar a baliza de Simplex, a bola passou por cima do travessão. Depois de uma mini conferência dos jogadores “locomotivas” no relvado Elias deu nova esperança aos adeptos reduzindo no minuto 44.

Após o intervalo o Maxaquene continuou a impor o seu melhor futebol e Bruno respondeu com eficácia um cruzamento sentenciando a primeira vitória da sua equipa.

Daio e Chana bisam

Em Xinavane os campeões, ainda a recuperarem dos quatro secos sofridos no Congo, não conseguiram contrariar os jovens do Grupo Desportivo de Incomáti e perderam dois pontos.

O Costa do Sol que perdeu dois pontos na jornada inaugural viajou pra cidade de Nampula e batizou a estreia do Sporting local com uma vitória.

No primeiro ataque “canarinho” Terence abriu o marcador, jogava-se o minuto 40. Dois minutos depois Isac fez o segundo, com um chapéu ao guarda-redes “leonino”, e Chawa, no minuto 60, garantiu o triunfo para equipa de Leonardo Costas.

Num inundado “caldeirão” do Chiveve o donos da casa estrearam-se no Campeonato com uma implacável vitória sobre o Ferroviário de Nacala.

Lineker abriu o placar após receber um passe longo, bateu na corrida a defesa que ficou a espera do fora de jogo e com frieza colocou a bola longe do guarda redes.

Perto da meia hora Daio, que havia desperdiçado algumas oportunidades flagrantes, recebeu na grande área, tirou o seu defesa do caminho e atirou a contar.

Já na 2ª parte o avançado “beirense” bisou e consumou a primeira vitória dos “locomotivas” agora conduzidos por João Chissano.

Com o campo da Soalpo lotado os “fabris” assumiram o comando da partida e depois de uma bola ao poste abriram o placar à passagem do minuto 21, na sequência de um pontaé de canto. Antes do descanso, e novamente de bola parada, David emendou para o fundo da baliza um livre que Magaba colocou o esférico primeiro no travessão.

Já na 2ª parte os “guerreiros” reduziram por Ejaika, no minuto 66, mas Joseph respondeu com o terceiro para o Textáfrica. Antes do apito final Gregório ainda reduziu mas a jogar com dez os pupilos de Artur Semedo foram impotentes para dar a volta ao marcador.

Em Inhambane um tiraço de Kalima, no minuto 62, valeu os primeiros pontos à ENH Vilanculo. Em Quelimane os “trabalhadores” receberam os “muçulmanos” da Matola e também conquistaram os seus primeiros pontos no Moçambola.

Nassib transformou em golo um penálti sobre Beto. Beto confirmou a vitória respondendo certeiro a cruzamento da direita de Dudu e deixando Akil Marcelino, o treinador da Liga à beira de um ataque de nervos, tendo inclusivamente posto o seu lugar à disposição por alegada má arbitragem.

Na cidade portuária de Nacala Chana saltou do banco na 2ª parte para marcar duas vezes e garantir 3 pontos para os donos da casa diante dos “docentes” de Manica.

Eis os resultados da 2ª jornada:

Maxaquene 3-1 Ferroviário de Maputo

Textáfrica de Chimoio 3-2 Clube de Chibuto

Ferroviárioda Beira 3-0 Ferroviário de Nacala

ENH Vilanculo 1-0 Ferroviário de Nampula

1° de Maio de Quelimane 2-0 Liga Desportiva de Maputo

Sporting de Nampula 0-3 Costa do Sol

GD Incomáti 0-0 União Desportiva do Songo

Desportivo de Nacala 2-0 UP de Manica

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom