Moçambola 2018: bis de Kelo adia, por mais uma jornada, bi-campeonato da União
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  
Segunda, 22 Outubro 2018 07:49
Share/Save/Bookmark

Dois golos de Kelo salvaram o Ferroviário de Maputo de uma derrota no seu estádio, em partida da jornada 28, e adiaram, pelo menos por mais uma jornada, a festa do bi-Campeonato nacional de futebol da União Desportiva que no Songo venceu a ENH. A luta pela manutenção continua ao rubro com o Incomati em fuga e os “locomotivas” de Nacala em queda livre. UP de Manica e 1º de Maio continua empatados na penúltima posição.

Dário gelou o estádio da Machava neste domingo (21) quando primeiro inaugurou o placar, a passe de Magaba, no quinto minuto do tempo de compensação da 1º parte e depois dilatou o marcador no minuto 51.

Proibidos de perder os “locomotivas” responderam pela jovem promessa Kamo Kamo, que no minuto 54 respondeu com eficácia a um passe de Mário. Cinco minutos depois Kelo restabeleceu a igualdade, assistido por Liberty, e no minuto 81 fez a cambalhota no placar adiando por mais uma semana a revalidação do título nacional pela União Desportiva do Songo.

Em Tete valeu aos campeões um golo solitário de Hélder Pelembe, na transformação de uma grande penalidade no minuto 15, que manteve em 3 a vantagem sobre o Ferroviário de Maputo.

Mais uma vitória, na próxima jornada a equipa de Nacir Armando viaja a Quelimane para enfrentar os aflitos “trabalhadores”, e a União chega ao inédito bi-Campeonato.

A luta pela manutenção no Moçambola continua renhida. Os “açucareiros” continuam em fuga, venceram como anfitriões os já despromovidos “leões” de Nampula e ascenderam ao 10º lugar. O Ferroviário de Nacala caiu na Matola diante da Liga e desceu para a 13ª posição por troca com o Desportivo também de Nacala que recebeu e derrotou os “tricolores”. Os “docentes” venceram os “trabalhadores” e também trocaram de lugares na penúltima posição.

Sem nada para ganhar, ou mesmo perder, “locomotivas” de Nampula e “guerreiros” protagonizaram a partida que mais golos registou no campeonato, oito. Evaristus abriu as hostilidades no estádio 25 de Junho, Rume fez o segundo e Hammed o terceiro antes de Banda fazer o tento inaugural dos anfitriões. Josimar reduziu mas Daudo fez o quarto para a equipa de Dauto Razak e Luckman garantiu o empate.

Eis os resultados da 28ª jornada:

Costa do Sol 3-1 Ferroviário da Beira

Incomáti 2-0 Sporting de Nampula

Desportivo de Nacala 1-0 Maxaquene

U.P de Manica 2-0 1° Maio de Quelimane

União Desportiva de Songo 1-0 ENH Vilanculo

Ferroviário de Maputo 3-2 Textáfrica

Liga Desportiva de Maputo 1-0 Ferroviário de Nacala

Ferroviário de Nampula 4-4 Clube de Chibuto

 

A classificação está assim ordenada quando faltam duas jornadas para o término do Moçambola:

CLUBES

J

V

E

D

BM

BS

P

União Desportiva do Songo

28

17

6

5

36

23

57

Ferroviário de Maputo

28

17

3

8

30

19

54

Liga Desportiva de Maputo

28

14

6

8

35

24

48

Ferroviário de Nampula

28

12

9

7

41

28

44

Clube de Chibuto

28

11

8

9

35

20

41

Maxaquene

28

10

10

8

31

26

40

Textafrica

28

10

9

9

24

31

39

Costa do Sol

28

9

11

8

22

14

38

Ferroviário da Beira

27

9

8

10

34

26

35

10º

ENH de Vilanculo

28

9

7

11

20

27

34

10º

Incomati

28

8

10

10

18

20

34

12º

Desportivo de Nacala

27

9

6

12

22

24

33

13º

Ferroviário de Nacala

28

7

10

11

15

22

31

14º

Universidade Pedagógica de Manica

28

7

9

12

21

32

30

14º

1º de Maio de Quelimane

28

8

6

14

21

32

30

16º

Sporting de Nampula

28

4

7

17

17

52

19

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom