Tualibudine Mussa e Nordino Mussa dourados nos Jogos Africanos do Marrocos
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  
Domingo, 01 Setembro 2019 22:59
Share/Save/Bookmark

Foto da página do facebook da Federação Moçambicana de Vela e CanoagemOs canoístas Tualibudine Mussa e Nordino Mussa conquistaram uma medalha de Ouro nos Jogos Africanos que decorreram na cidade de Rabat, no Marrocos, onde Moçambique obteve ainda três medalhas de Prata e uma de Bronze.

No penúltimo dia de competições, sexta-feira (30), a honra da delegação moçambicana às “olimpíadas africanas” foi garantida na prova de canoagem C2, disputada na barragem Mohammed Ben Abdellah, os moçambicanos Tualibudine Mussa e Nordino Mussa, que chegaram com o estatuto de campeões africanos, suplantaram toda concorrência e na final percorreram os 200 metros em 40 segundos e 067 centésimos.

Outro campeão africano, Joaquim Lobo, ficou-se pela medalha de Prata na prova de 200 metros de canoagem C1 e foi 4º classificado na prova dos 1000 metros.

As outras medalhas de Prata foram obtidas no boxe, Alcinda Panguane perdeu a final do 69 quilos para a nigeriana Bolanle Shogbamu enquanto Rady Gramane foi derrotada na decisão dos 75 quilos pela marroquina Khadija Mardi.

Os representantes do voleibol de praia Délcio Soares e Adelvino Nuvunga quedaram no 6º lugar, derrotados pela dupla angolana Figueredo/Sequeira, valeu a prestação de Jéssica Moiane e Mércia Mucheza que trazem a medalha de Bronze ganha na partida contra as mauricianas Bonne/Causin.

No medalheiro geral Moçambique ficou no 23 lugar, uma posição acima comparativamente aos Jogos Africanos de 2015 onde ocupou a 24ª posição com uma medalha de Ouro, três de Prata e duas de Bronze.

Desiludiram os moçambicanos que competiram no atletismo, no judo, karaté e natação mostrando os poucos progressos que o nosso país está a fazer quando comparado com a Região onde a África do Sul mantém a sua hegemonia (36 ouros, 26 pratas e 25 bronzes), mas destacam-se as Maurícias no 8º lugar do medalheiro (com seis ouros, seis pratas e 12 bronzes), Madagáscar na 10ª posição (seis ouros, quatro pratas e dois bronzes), o Botswana no 13º lugar (cinco ouros, três pratas e seis bronzes) ou mesmo as Seychelles que ficaram na 18º posição (dois ouros, uma prata e um bronze).

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom