Ferroviário de Maputo trucida Costa do Sol e conquista 9º título nacional de basquetebol
Destaques - Desporto
Escrito por Redação  
Quarta, 11 Setembro 2019 23:52
Share/Save/Bookmark

O Costa do Sol confirmou na noite desta quarta-feira (11) a sua falta de estofo para disputar o título nacional de basquetebol sénior masculino, foi trucidado pelo Ferroviário de Maputo no terceiro jogo das finais. É segundo título consecutivo e o 9º troféu dos “locomotivas” da capital de Moçambique.

Derrotados nos dois primeiros jogos das finais da Liga Moçambicana de basquetebol os “canarinhos” entraram mal para a partida em que poderiam adiar o inevitável título dos “locomotivas” que ao ataque começaram cedo a construir uma vantagem confortável vencendo o 1º período por 22-12 pontos.

A equipa de Miguel Guambe demorou a entrar no jogo 3 mas quando o fez encurtou a desvantagem saindo para o intervalo a perder por apenas 5 pontos.

Sem pressa e com muita experiência os “locomotivas” rodavam os seus jogadores enquanto o Costa do Sol lutava para manter-se na contenda porem não conseguiu reduzir a desvantagem que aumentou para 8 pontos no término do 3º período.

Sem qualidade no banco começaram a faltar pernas, e braços, aos “canarinhos” que tinham deixado de jogar em equipa e cada um dos seus jogadores tentava, sem sucesso, chegar ao cesto.

O Ferroviário geriu e aumentou a vantagem confirmando o bi-campeonato por 86-68 pontos. Foi o 9º título nacional dos “locomotivas de Maputo”, ainda assim longe dos 19 campeonatos nacionais conquistados pelo Maxaquene.

Eis a classificação final da Liga Moçambicana de basquetebol:

Individualmente Alvaro Maso, internacional espanhol ao serviço dos campeões, foi eleito o Jogador Mais Valioso e o seu companheiro de equipa, Custódio Muchate, o melhor ressaltador. O “beirense” Ismael Normamad foi o melhor marcador e melhor triplista do campeonato.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quinta, 12 Setembro 2019 13:25
 
Avaliação: / 0
FracoBom