Sonho das “Samurais” chegarem aos Jogos Olímpicos termina após três derrotas na Sérvia
Destaques - Desporto
Escrito por Adérito Caldeira  
Domingo, 09 Fevereiro 2020 21:16
Share/Save/Bookmark

Foto FIBAO sonho das “Samurais” chegarem os Jogos Olímpicos de Tóquio esfumou-se em Belgrado após três derrotas, em igual número de jogos, na etapa final de apuramento. Derrotada na estreia pela Nigéria a selecção feminina de basquetebol de Moçambique apanhou “chapa 100” dos EUA mas disputou a vaga com a Sérvia até ao derradeiro período.

Após perderem para as campeãs africanas na passada quinta-feira (06) as “Samurais” voltaram a quadra do Aleksandar Nikolic no sábado (08) para jogarem com as campeãs mundiais e olímpicas. Em 2 minutos a selecção dos Estados Unidos da América (EUA) fez 7 pontos.

Deolinda Gimo marcou os primeiros pontos da nossa selecção que viu as campeãs mundiais chegarem aos 13 pontos antes de voltarem a encestar. Aproveitando para rodar a equipa os EUA venceram 1º período por 10-36 pontos.

Foto FIBAAs “Samurais” deram alguma réplica no início do 2º período mas as norte-americanas chegaram aos 45 pontos antes da nossa selecção conseguir somar os primeiros 2 pontos. Moçambique não se entregou e deu luta saindo para o intervalo a perder por 22-59 pontos.

Os EUA voltaram a acelerar o ritmo da partida e continuaram a dilatar o placar que chegou aos 34-92 antes do último parcial.

As moçambicanas aproveitaram para ganhar alguma experiência e tentaram deixar na quadra o seu melhor basquete reduzindo para 39 antes dos EUA ultrapassarem os 100 pontos. Para a história fica a derrota por 49-124, a pior da competição e de sempre na história das “Samurais”.

Moçambique sonhou com os Jogos Olímpicos até o último período

Com a Nigéria apurada para os Jogos Olímpicos restava uma vaga lugar no Grupo A e a disputa foi com a selecção anfitriã neste domingo (10) e com uma “bomba” de Anabela Cossa as “Samurais” mostraram as suas intenções. A Sérvia reagiu e Nevena Jovanovic fez a cambalhota no marcador. Anabela encestou um novo triplo, mas as anfitriãs empataram. Tamara Seda deu nova vantagem mas a Sérvia empatou. Anabela encestou por duas vezes 2 pontos e a nossa selecção alargou a vantagem que geriu e aumentou vencendo o 1º período por 16-21 pontos.

Foto FIBAOdélia Mafanela abriu as hostilidades no 2º período mas as servias entraram ao ataque reduzindo a desvantagem. As moçambicanas mostraram o seu melhor basquete mas nos minutos finais viram a equipa da casa assumir a liderança e sair para o descanso a vencer por 34-28 pontos.

Ana Dabovic assumiu o comando e a Sérvia chegou aos 46 pontos em 3 minutos antes das “Samurais” conseguirem encestar e encurtarem a desvantagem. As anfitriãos voltaram a acelerar e venceram o 3º período por 60-42 pontos.

Moçambique voltou para o derradeiro período ainda a sonhar com os Jogos Olímpicos, mas só conseguiu travar o ímpeto das sérvias durante 4 minutos. Ana Dabovic voltou a mostrar a sua classe e a Sérvia carimbou o seu passaporte para Tóquio vencendo a nossa selecção por 76-48 pontos.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom