O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) prevê a ocorrência de chuvas moderadas a fortes (de 30 a 50 milímetros em 24 horas), localmente fortes (mais de 50 milímetros em 24 horas) acompanhadas de trovoadas e ventos com rajadas até esta quinta-feira (12) nos distritos de Machanga, Chibabava, Buzi, Nhamatanda, Dondo, Muanza, Gorongosa, Maríngue, Cheringoma, Marromeu, Caia, Chemba e cidade da Beira (na Província de Sofala); nos distritos de Mussurize, Machaze, Sussundenga, Manica, Barue, Macossa, Macate, Vanduzi, Gondola, Guro, Tambara e cidade de Chimoio (na Província de Manica); nos distritos de Chinde, Mopeia, Morrumbala, Milange, Mocuba, Nicoadala, Namacurra, Lugela, Mulevala, Pebane Mocubela, Maganja da Costa e cidade de Quelimane (na Província da Zambézia); e também nos distritos de Doa, Moatize, Mágoe, Cahora Bassa, Tsangano, Moatize, Mutarrara, Chiuta, Marara, Angónia, Macanga, Chifunde, Maravia, Changara, Zumbo e Cidade de Tete (na Província de Tete).

 

Um cidadão de 52 anos de idade, de nacionalidade mauríciana, foi condenado pelo Tribunal Distrital da Província de Inhambane a 40 anos de prisão pela violação sexual de seis menores.

 

Foto FIBAFazendo impressionantes 25 pontos Ingvild Mucauro comandou as “locomotivas” de Maputo nesta terça-feira (10) na vitória sobre o Al Alhly e que colocou a equipa moçambicana no topo do Grupo B do Campeonato Africano de Clubes em basquetebol sénior feminino que decorre no Egipto.

 

Moçambique foi selecionado nesta segunda-feira (09) para um segundo programa de financiamentos da Millennium Challenge Corporation (MCC) com o foco na “redução da pobreza através do crescimento económico”. A incompetência do Governo de Armando Guebuza, e alguma má gestão, ditaram a suspensão em 2013 dos apoios financeiros por parte desta instituição norte-americana.

 

O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) prevê a ocorrência de chuvas moderadas a fortes (de 30 a 50 milímetros em 24 horas), localmente fortes (mais de 50 milímetros em 24 horas) acompanhadas de trovoadas e ventos com rajadas até esta quarta-feira (11) nos distritos de Matutuine, Boane, Namaacha, Moamba, Marracuene, Manhiça, Magude e cidades de Maputo e Matola (na Província de Maputo); nos distritos de Massingir, Chokwe, Guija, Mabalane, Chicualacuala, Mapai, Massangena, Chigubo, Bilene Limpopo e cidade de Xai-Xai (na Província de Gaza); nos distritos de Mussurize, Sussundenga, Manica, Barrue, Macate, Vanduzi, Machazi e cidade de Chimoio (na Província de Manica); e ainda nos distritos de Doa, Moatize, Mágoe, Cahora Bassa, Tsangano, Moatize, Mutarrara, Chiuta, Marara, Angónia, Macanga, Chifunde, Maravia, Changara, Zumbo e Cidade de Tete (na Província de Tete);

 

Foto de Adérito CaldeiraO Fundo de Estradas aderiu nesta segunda-feira (09) a uma instituição internacional que promove de transparência no sector de infra-estruturas em mais um passo para voltar a obter financiamentos no exterior para a edificação de obras públicas em Moçambique. Paradoxalmente a instituição nunca publicou uma única Demonstração Financeira auditada embora tenha recebido mais de metade de todas Garantias e Avales do Estado.

 

Foto do Gabinete do PMDurante a celebração do Dia Internacional de Combate à Corrupção o primeiro-ministro revelou que que “nos últimos dois anos foram instruídos cerca de 2.000 processos disciplinares contra funcionários e agentes do Estado, dos quais, 205 culminaram em demissões e 104 em expulsões, dentre outras sanções disciplinares”. Enquanto a PGR prossegue o seu teatro dentro e fora do país nenhuma acção foi ainda tomada contra os funcionário que possibilitaram o maior caso de corrupção da história de Moçambique: Manuel Chang, António Carlos do Rosário, Gregório Leão ou mesmo Armando Guebuza.

 

Uma paciente no Hospital Central de Nampula (HCN) suicidou-se nesta segunda-feira (09) atirando do 3º piso por razões ainda desconhecidas.

 

O Instituto Nacional de Meteorologia prevê o seguinte estado do tempo para esta terça-feira (10) em Moçambique:

 

A Cornelder de Moçambique (CdM), concessionária dos terminais de contentores e de carga geral do Porto da Beira, no centro do País, apresentou, sexta-feira, 6 de Dezembro, em Maputo, o seu plano de acção face à aproximação do ciclone Idai e como mitigou os seus impactos.

 

O sector das telecomunicações está preparado para fazer face à eventual ocorrência de desastres naturais no País, assegurou na quinta-feira, 5 de Dezembro, a vice-ministra dos Transportes e Comunicações.

 

O projecto “Cidadania”, promovido pelo Standard Bank e que visa a atribuição gratuita de documentos essenciais aos cidadãos, permitiu a emissão de um total de 816 bilhetes de identidade, 400 assentos e igual número de certidões de nascimento, no posto administrativo de Nhangau, na cidade da Beira, província de Sofala.