Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 23 Maio 2019 06:28

A bancada parlamentar do partido Frelimo aprovou nesta quarta-feira (22), “em consciência”, a Conta Geral do Estado de 2017 que revela inúmeras violações às normas de contabilidade pública, omissões, desvio de aplicação e até mesmo infracções financeiras recorrentes. Os votos contra da Renamo e do MDM foram insuficientes para travar o mau uso do dinheiro dos moçambicanos durante o 2º ano da governação de Filipe Nyusi.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 21 Maio 2019 22:12

O ex-ministro das Finanças e assinante das dívidas ilegais, Manuel Chang, vai ser extraditado para Moçambique, anunciou nesta terça-feira (21) o Ministério sul-africano da Justiça e Desenvolvimento Constitucional confirmando a decisão política do partido ANC em aceder aos desejos dos seus “camaradas” da Frelimo.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 21 Maio 2019 22:08

Foto de ZitamarA antiga vice-presidente da unidade de financiamento global do Credit Suisse admitiu a um juiz norte-americano ter ajudado “a lavar as receitas de actividades criminais, nomeadamente subornos ilegais pagos por uma empresa chamada Privinvest” no âmbito das dívidas ilegais de Moçambique. Contudo Detelina Subeva não apontou nenhuma responsabilidade ao banco suíço o que mantém o ónus de todos os moçambicanos pagarem as dívidas da Proindicus, EMATUM e MAM.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Domingo, 19 Maio 2019 22:26

O ministro dos Transportes e Comunicações anunciou na Assembleia da República que os “my loves” vão continuar a transportar os moçambicanos porém terão de ter cadeiras e cobertura. Em campanha eleitoral Carlos Mesquita anunciou, para breve, automotora para os corredores Maputo - Goba, Maputo - Ressano Garcia, Maputo - Chicualacuala, Beira – Moatize e Beira – Marromeu.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 17 Maio 2019 07:38

Foto do gabinete do PMO Governo de Filipe Nyusi passou, com a habitual ajuda dos deputados do seu partido, pela última prova oral na Assembleia da República. Com poucas realizações e muitas promessas o primeiro-ministro declarou que “contra factos não há argumentos”, mas não é verdade. Por exemplo, o Executivo adiou a transferência dos serviços de educação primária e dos cuidados primários de saúde para os municípios porque na verdade receia que a gestão dos partidos de oposição possa revelar-se melhor e roubar-lhes votos.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 17 Maio 2019 07:30

Foto do Canal de MoçambiqueO Presidente da República, Filipe Nyusi, perdeu mais uma oportunidade de esclarecer aos moçambicanos se foi incompetente - não vendo os empréstimos da Proindicus, EMATUM e MAM a serem contraídos dentro do Ministério que dirigiu entre 2008 e 2014 -, ou se foi conivente - participando da criação do Sistema Integrado de Monitoria e de Protecção da Zona Económica e Exclusiva de Moçambique que culminou nas dívidas ilegais que precipitaram a crise em que o país está mergulhado desde 2016.

 
Escrito por Redação   
Terça, 14 Maio 2019 07:21

Foto do MDMO Conselho Nacional do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) aprovou neste domingo (12) o manifesto eleitoral para as Gerais de Outubro próximo onde se propõe a reforçar a sua posição de terceira força política no nosso país. “O nosso sucesso como partido político não irá depender da apropriação da Administração e do Erário Público. A nossa principal riqueza reside na esperança, assente em valores éticos socialmente relevantes, no desejo de mudanças reais” disse Daviz Simango após ser (re)eleito candidato Presidencial.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 10 Maio 2019 06:51

Foto de Adérito CaldeiraA Comissão Política da Renamo revelou nesta quinta-feira (09) que pretende que Afonso Dhlakama, o “pai da democracia e descentralização moçambicanas”, seja declarado herói nacional em Moçambique. Sobre o processo de Paz o maior partido de oposição disse que aguarda que os seus dez oficiais generais sejam nomeados para os cargos de Comando e Chefia no Comando Geral da Polícia da República de Moçambique.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 06 Maio 2019 07:51

Foto de Adérito CaldeiraO presidente do Instituto de Comunicação Social da África Austral (MISA) em Moçambique recomendou aos jornalistas “um maior nível de profissionalismo onde os factos devem a cada momento serem testados e questionados antes da sua divulgação”, como resposta à crescente desinformação que é amplificada pelas redes sociais.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 124