Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 19 Abril 2018 07:56

Paulo Vahanle, há duas semanas proclamado vencedor da segunda volta da eleição intercalar na cidade de Nampula e, por conseguinte, presidente do mesmo município, foi investido na quarta-feira (18) ao cargo para o qual foi eleito, para os próximos seis meses. O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) e o edil interino deste mesmo partido, Américo Iemenle, já entregaram as pastas.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 18 Abril 2018 07:57

O recenseamento eleitoral, que decorre desde 19 de Março passado, termina a 17 de Maio próximo. Porém, as províncias do Niassa, Nampula, Zambézia, Manica e Maputo, incluindo a capital do país, ainda estão longe de cumprir as metas de inscrição estabelecidas, ao contrário de Cabo Delgado, Tete, Sofala, Inhambane e Gaza que apresentam boas perspectivas, tendo algumas já ultrapassado 50%.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 17 Abril 2018 07:48

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) mexeu na sua estrutura hierárquica, durante a II Sessão Ordinária do Conselho Nacional, realizado no último fim-de-semana (Sábado e Domingo), na cidade da Beira, província de Sofala. Luís Boavida já não é secretário-geral e em sua substituição o presidente do partido, Daviz Simango, escolheu, a dedo, José Domingos Manuel. O deputado Venâncio Mondlane é um dos quatro membros que não conseguiram permanecer na Comissão Política Nacional.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 12 Abril 2018 07:45

O Presidente da República, Filipe Nyusi, determinou na quarta-feira (11) a realização das sextas eleições gerais (presidenciais e legislativas) e das assembleias provinciais para 15 de Outubro de 2019, em todo o território moçambicano e no estrangeiro. Foi na mesma data em que teve lugar o escrutínio de 2014. Será a partir daquelas eleições que a província terá governador proposto pelo partido ou grupo de cidadãos eleitores que obtiver maioria de votos nas eleições para a assembleia provincial.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 11 Abril 2018 07:25

Ministério da Defesa RussoMoçambique (re)abriu os portos à marinha de guerra da Federação Russa ao abrigo de um acordo inter-governamental rubricado pelos ministros da Defesa dos dois países no passado dia 4 de Abril, em Moscovo.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 11 Abril 2018 07:20

O Governo removeu a exigência do reconhecimento notarial presencial de assinaturas de contratos de sociedades e aboliu a obrigatoriedade do depósito do capital social no acto de constituição de uma sociedade comercial. Estas medidas são introduzidas por um Decreto-Lei aprovado na terça-feira (10) pelo Conselho de Ministros, e que altera o Código Comercial ao abrigo da Lei de Autorização Legislativa no. 20/2017, de 28 de Dezembro.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 10 Abril 2018 07:59

Foto de Cidadão RepórterAs mulheres encarceradas no Estabelecimento Penitenciário Preventivo de Maputo, antiga Cadeia Civil, foram espancadas e indiscriminadamente introduzidas uma única luva nos órgãos genitais, na noite da última segunda-feira (02), por uma Unidade de Intervenção Rápida, durante uma revista às celas de objectos cuja posse é tida como proibida dentro da prisão.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 06 Abril 2018 08:04

Foto da Presidencia da RepúblicaO Presidente da República, Filipe Nyusi, disse na quinta-feira (05) que a exploração do carvão, a retomada da extracção de grafite e outros minerais colocou Moçambique nas principais bolsas de valores fora de portas, houve um massivo investimento em infra-estruturas, o que elevou as expectativas dos cidadãos em relação à melhoria das suas condições de vida. Contudo, a distribuição desigual da riqueza, do poder e dos recursos gerou um sentimento de injustiça social e empurrou o país à tensão político-militar.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 06 Abril 2018 08:00

O Conselho Constitucional (CC) validou, na quinta-feira (05), a segunda volta da eleição intercalar da cidade de Nampula, realizada a 14 de Março último, e proclamou o candidato da Renamo, Paulo Vahanle, presidente daquela autarquia, que viveu momentos de turbulência protagonizados pelos seus edis interinos. Um deles, Manuel Tocova, do nada saiu do anonimato e teve fama pelas piores razões à mistura com posse de arma de fogo.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 92