Escrito por Redação Nampula  
Quarta, 19 Novembro 2014 21:50
Share/Save/Bookmark

Três casos de tráfico de seres humanos foram confirmados este ano em Nampula, segundo dados divulgados esta terça-feira (19) pelo Ministério Público, a nível daquela província. Segundo Cristóvão Mondlane, Procurador provincial de Nampula, o caso muito recente ocorreu na semana passada e o mesmo prossegue os seus trâmites legais, junto das entidades competentes.

A fonte falava à margem do seminário regional sobre Segurança Rodoviária, Prevenção e Combate ao Trafico de pessoas e Migração Insegura que, durante dos dias juntou na cidade de Nampula, operadores do ramo dos transportes rodoviários das províncias da zona norte de Moçambique. Entretanto, o maior constrangimento prende-se com a falta de cultura de denúncias de casos de suspeitas de tráfico de pessoas, por parte de algumas famílias, o que faz com que muitos casos de desaparecimento de crianças não sejam conhecidos.

Promovido pela Federação Moçambicana dos Transportes (FEMATRO, com suporte financeiro do Fundo de Ambiente de Negócios (FAN) e Save the Children, o seminário juntou representantes do governo, dos transportadores e parceiros de cooperação.

A FEMATRO, no âmbito do Projecto de Capacitação Institucional, está a promover uma série de seminários regionais (norte, centro e sul ) sob o tema: “FEMATRO, contribuindo na capacitação dos operadores em matérias de segurança rodoviária, prevenção e combate ao trafico de pessoas e migração insegura”.

Estas actividades surgem no decorrer das atribuições daquela agremiação que visam o desenvolvimento de capacidades aos seus membros sobre o impacto negativo da sinistralidade rodoviária.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom