Escrito por Adérito Caldeira  
Terça, 22 Maio 2018 07:51
Share/Save/Bookmark

Na próxima quinta-feira (24) encerra a VI Sessão Ordinária da Assembleia da República (AR) sem que ainda tenha sido aprovada a proposta de Lei de Revisão Pontual da Constituição da República para acomodar os entendimentos entre o Governo e o partido Renamo para a Paz em Moçambique. O Presidente Filipe Nyusi revelou que já iniciou “o processo do diálogo com a nova liderança da Renamo”. A líder parlamentar do maior partido de oposição disse ao @Verdade que apesar do pouco tempo há muitas chances “sim” as negociações ficarem concluídas esta semana.

Na semana finda o Chefe de Estado afirmou, durante o banquete que ofereceu ao seu homólogo do Uganda, já ter iniciado “o processo do diálogo com a nova liderança da Renamo e espero que se finalize o pacote legal de descentralização com a maior celeridade possível, o que implicará uma revisão pontual da Constituição da República”.

“Esperamos, em simultâneo, finalizar os assuntos militares que comportam o desarmamento, desmobilização e reintegração de elementos armados da Renamo, processo que, já possui bases suficientes para ser iniciado”, acrescentou o Presidente Nyusi.

No entanto está prevista encerrar esta semana a VI Sessão Ordinária da Assembleia da República que era suposto apreciar e aprovar a proposta de Lei de Revisão Pontual da Constituição da República para acomodar os entendimentos entre o Governo e o partido Renamo para a Paz em Moçambique.

As negociações foram interrompidas, antes do falecimento de Afonso Dhlakama, com uma divergência particularmente sobre o modelo de nomeação dos Administradores distritais nas eleições do próximo ano.

Contudo Ivone Soares, a chefe da bancada do partido Renamo na AR, disse esta segunda-feira ao @Verdade que as Comissões já estão a trabalhar e é muito provável que haja um “sim” a tempo dos deputados poderem chancelar a proposta de Lei de Revisão Pontual da Constituição da República até quinta-feira (24).

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom