Escrito por Adérito Caldeira  
Sexta, 21 Dezembro 2018 07:47
Share/Save/Bookmark

Foto da Presidência da RepúblicaO Presidente Filipe Nyusi admitiu nesta quarta-feira(19), durante o seu Informe sobre o Estado da Nação, que foi incapaz de construir uma única casa para o povo, pelo segundo ano consecutivo.

“Até ao presente momento foram construídas no país cerca de 5.308 casas envolvendo o sector familiar e privado, ainda é muito pouco”, afirmou o Chefe de Estado na Assembleia da República admitindo que o seu Governo, tal como em 2017, não conseguiu construir uma única casa das 35 mil novas habitações que prometeu edificar no início do seu mandato.

No balanço do Plano Económico e Social de 2018 não existe nenhuma rubrica relativa as casas referenciadas pelo Chefe de Estado. O @Verdade apurou que nem sequer as 20 casas que o Executivo prometeu edificar para combatentes portadores de grande deficiência foram construídas e mesmo o apoio prometido com material de construção de casas a 90 famílias para bairros de Reassentamento não foi materializado.

Questionado pelo @Verdade o ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos explicou que: “o Governo fomenta e promove a habitação, cria condições para o sector privado e público”.

“Mas de facto o Governo neste quinquénio fez pouco em termos de habitação devido as restrições financeiras. Contávamos que iríamos fazer mais em parcerias entre o Fundo de Fomento (a Habitação) e o sector privado” tentou aclarar João Machatine.

Recorde-se que o @Verdade revelou que o Fundo de Fomento à Habitação para além de mostrar-se incapaz de realizar a sua missão que é de construir casas para os moçambicanos, perdeu 13,9 milhões de dólares norte-americanos de um financiamento do Governo da Índia destinado a edificação de 400 habitações na província de Tete.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 2
FracoBom