Escrito por Adérito Caldeira  
Segunda, 23 Dezembro 2019 22:54
Share/Save/Bookmark

Foto de Adérito CaldeiraA juíza Lúcia Ribeiro afirmou nesta segunda-feira (23) que “o Conselho Constitucional considera que as irregularidades verificadas no decurso do processo eleitoral não influenciaram substancialmente os resultados das Eleições Gerais (Presidenciais e Legislativas) e das Assembleias Provinciais realizadas em 15 de Outubro de 2019” e proclamou Filipe Nyusi como Presidente de Moçambique e o seu partido Frelimo como vencedor das 6ªs Legislativas e 3ªs Provinciais.

A presidente do mais alto órgão de justiça eleitoral no nosso país validou “os resultados das Eleições Presidenciais de 15 de Outubro de 2019 e proclama eleito Presidente da República de Moçambique o cidadão Filipe Jacinto Nyusi”.

Lúcia Ribeiro validou ainda os resultados das Eleições Legislativas de 15 de Outubro de 2019 e proclama eleitos Deputados da Assembleia da República os cidadãos das listas dos partidos Frelimo, MDM e Renamo”.

Num evento público que não contou com a presença de nenhum representante do partido Renamo e do Corpo Diplomático acreditado em Moçambique o Conselho Constitucional validou também “os resultados das Eleições das Assembleias Provinciais de 15 de Outubro de 2019” tendo proclamado eleitos os Governadores Elina Judite da Rosa Victor Massengele para a Província do Niassa, Valige Tauabo para Cabo Delgado, Manuel Rodrigues Alberto para Nampula, Pio Augusto Matos para Zambézia, Domingos Juliasse Viola para Tete, Francisca Domingos Tomás para Manica, Lourenço Ferreira Bulha para Sofala, Daniel Francisco Chapo para Inhambane, Margarida Sebastião Mapanzene Chongo para Gaza e Júlio José Parruque para a Província de Maputo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom