Escrito por Redação   
Quinta, 12 Junho 2014 11:50

Minutos depois de uma coluna escoltada pelas Forças de Defesa e Segurança (FDS) ter sido atacada à entrada de Muxúnguè, o exército moçambicano lançou roquetes contra uma igreja pertecente a uma ceita que não apurámos, sita a poucos quilómetros da mesma vila, na província de Sofala, sem causar vítimas humanas, na tarde desta quarta-feira (11), em virtude da suspeita de que albergava homens armados da Renamo.

 
Escrito por Alfredo Manjate   
Terça, 10 Junho 2014 14:43

Cerca de 150 Organizações da Sociedade Civil (OSC) moçambicanas, preocupadas com o agravamento do conflito armado no centro do país, apelam para que a Renamo, restabeleça o cessar-fogo e o Governo desenvolva esforços no sentido de encontrar um caminho que assegure a manutenção da paz alcançada há 22 anos.

 
Escrito por Alfredo Manjate   
Terça, 10 Junho 2014 19:41

A Renamo afirmou, nesta terça-feira (10), em Maputo, que o cessar-fogo só será restabelecido quando as Forças de Defesa e Segurança (FDS) pararem de atacar os seus homens e as suas posições. “O cessar-fogo só voltará se o Governo parar de atacar as forças da Renamo. Se continuar a atacar, o Governo será respondido. Serão perseguidos até seu local de proveniência e, se calhar, até às escolas de formação onde esses militares são treinados militarmente”.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 09 Junho 2014 20:21

Enquanto os ataques não cessam na região centro de Moçambique e o líder da Renano, Afonso Dhlakama, ameaça dividir o país a partir da região onde comanda os incursões militares, sobretudo no troço Muxúnguè/Rio Save, o Governo e a Renamo continuam sem consenso em relação à reorganização do exército, do mais baixo ao mais alto escalão, e à desmilitarização do antigo movimento rebelde.

 
Escrito por Redação   
Terça, 10 Junho 2014 18:16

Cerca 80 porcento das Organizações da Sociedade Civil moçambicanas, principalmente as que actuam em Maputo, correm o risco de desparecer em virtude de não trabalharem directamente com as comunidades, pois preocupam-se em discutir apenas assuntos relacionados com as “elites sociais” em detrimento dos problemas que realmente apoquentam o povo, advertiu Philip Machon, coordenado do Mecanismo de Apoio à Sociedade Civil (MASC), num encontro que decorre na capital do país entre esta terça-feira (10) e quarta-feira (11).

 
Escrito por Redação   
Sábado, 07 Junho 2014 18:39

A guerra continua na região centro de Moçambique, neste sábado mais uma coluna de viaturas civis foi atacada quando circulava na Estrada Nacional nº1, no sentido sul - centro, cerca das 14 horas. Temos indicação, não oficial, de dois soldados mortos e outros feridos também entre os soldados das Forças de Defesa de Moçambique que em vez de protegerem a coluna usaram os civis como escudos pois, segundo várias testemunhas, os homens armados, alegadamente da Renamo, não disparam contra os cidadãos indefesos.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 09 Junho 2014 19:22

No uso das suas competências, o Presidente da República Armando Guebuza nomeou, esta segunda-feira (09), Adelino Manuel Muchanga para o cargo de presidente do Tribunal Supremo (TS), em substituição de Ozias Pondja, que terminou o seu mandato de cinco anos.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 09 Junho 2014 17:07

A Organização que congrega jovens simpatizantes, e membros, do partido Frelimo, elegeu Manuel Formiga, proveniente daquela organização, como novo presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), num acto em que ele concorria sozinho, no sábado passado (07), durante a VI Assembleia Geral do CNJ, que teve lugar na província de Tete.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 09 Junho 2014 07:32

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, ameaça dividir o país, caso o governo não aceite as exigências do seu partido em sede do diálogo político. “Nós estamos cansados porque a Frelimo não nos quer. Perguntem a Guebuza se ele tem uma ilha onde vai colocar os da Renamo. Ou então vamos dividir isso”, disse Dhlakama, apontando que o Sudão foi dividido, a Alemanha federal e a democrática estavam divididos, a Coreia do Norte e do Sul estão divididas por causa dessas brincadeiras.

 
Início Anterior 121 122 123 124 125 126 127 Seguinte Final

Pág. 126 de 127