Escrito por Redação   
Terça, 17 Junho 2014 20:03

Os confrontos armados entre Forças Governamentais e guerrilheiros do partido Renamo chegaram nesta terça-feira até a Sede do Posto Administrativo de Muxúnguè. Segundo fontes em Muxúnguè os homens da Renamo avisaram que iriam atacar o quartel das Forças de Defesa e Segurança (FDS) na vila em retaliação a um ataque a sua base em Mangomonhe, durante a madrugada. Uma coluna de viaturas civis foi atacada na tarde desta terça-feira e há registo de pelo menos uma cidadã ferida.

 
Escrito por Redação   
Terça, 17 Junho 2014 17:06

As duas leis que estabelecem regalias “chorudas” para os deputados e Chefes do Estado em exercício e após cessarem funções, recentemente devolvidas ao Parlamento pelo Presidente da República, Armando Guebuza, serão prioritários nos assuntos agendados para o debate em plenário na Assembleia da República (AR), anunciou, esta terça-feira (17), o porta-voz da Comissão Permanente deste órgão legislativo, Mateus Kathupa.

 
Escrito por Redação   
Terça, 17 Junho 2014 15:39

Pelo menos seis membros das Forças de Defesa e Segurança de Moçambique (FDS) morreram e outros contraíram ferimentos graves e ligeiros, em consequência de um confronto armado entre as Forças Governamentais e guerrilheiros alegadamente da Renamo, na manhã desta terça-feira (17), no povoado de Murothoni, no distrito de Mocuba, na província da Zambézia, onde instalou-se novamente um clima de terror, com a população a abandonar as suas casas.

 
Escrito por Redação   
Terça, 17 Junho 2014 10:32

A primeira coluna de viaturas que partiu do posto administrativo de Muxúnguè, na província de Sofala, em direcção ao Save, na Estrada Nacional número 1 (EN1), na manhã desta terça-feira (17), foi atacada na zona de Zove, por homens armados que se presumem pertencerem ao partido Renamo. Temos ainda o registo de confrontos armados, envolvendo Forças de Defesa e Segurança e homens armados, ao que tudo indica leais a Afonso Dhlakama, na região de Murothoni, na província da Zambézia.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 16 Junho 2014 17:47

Um autocarro com 20 passageiros foi alvo de um ataque armado no princípio da tarde desta segunda-feira na Estrada Nacional Nº1 (EN1), no troço entre o rio Save e o Posto Administrativo de Muxúnguè, no distrito de Chibabava, na província central de Sofala. Há registo de pelo menos cinco feridos ligeiros em consequência do estilhaço de vidros e paragem brusca do autocarro que fazia o transporte de passageiro entre a capital de Moçambique a cidade da Beira. Ainda nesta segunda-feira a primeira coluna que partiu de Muxúnguè para o Sul do país também foi atacada.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 16 Junho 2014 18:10

As Organizações da Sociedade Civil (OSC) moçambicanas saudaram, esta segunda-feira (16), em Maputo, o facto de Armando Guebuza, Presidente da República, ter devolvido à Assembleia da República (AR), para reanálise, as duas leis que estabelecem regalias chorudas para os deputados e Chefes do Estado em exercício e após cessarem funções. Entretanto, elas exigem inclusão em caso de as mesmas leis serem novamente discutidas, bem como celeridade na provação de algumas leis fundamentais para o país que jazem na casa do povo, há anos, tais como o projecto de Lei de Direito à Informação.

 
Escrito por Agências   
Segunda, 16 Junho 2014 14:06

Homens armados, alegadamente do partido Renamo, mataram neste domingo (15) quatro militares das Forças de Defesa e Segurança de Moçambique e feriram outros 13 numa emboscada no centro de país.

 
Escrito por Redação   
Sábado, 14 Junho 2014 19:20

Pelo menos três feridos é o balanço preliminar de dois ataques de homens armados, alegadamente do partido Renamo, a duas colunas de viaturas civis que transitavam na Estrada Nacional nº1 (EN1), entre a região de Save e de Muxúnguè, no centro de Moçambique, neste sábado (14).

 
Escrito por Redação   
Quinta, 12 Junho 2014 11:50

Minutos depois de uma coluna escoltada pelas Forças de Defesa e Segurança (FDS) ter sido atacada à entrada de Muxúnguè, o exército moçambicano lançou roquetes contra uma igreja pertecente a uma ceita que não apurámos, sita a poucos quilómetros da mesma vila, na província de Sofala, sem causar vítimas humanas, na tarde desta quarta-feira (11), em virtude da suspeita de que albergava homens armados da Renamo.

 
Início Anterior 121 122 123 124 125 126 127 128 129 Seguinte Final

Pág. 127 de 129