Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 07 Março 2019 20:59

Foto da Presidência da RepúblicaO Chefe de Estado, Filipe Nyusi, e o presidente do partido Renamo, Ossufo Momade, voltaram a encontrar-se na manhã desta quinta-feira (07) na cidade de Maputo. “(...) Estivemos a fazer o alinhamento do que deve acontecer até a celebração do Acordo de Cessação das Hostilidades” explicou o Presidente da República, porém o @Verdade apurou o início do Desarmamento, Desmobilização e Reintegração dos militares do partido de oposição continua pendente da entrega da lista daqueles que vão ser integrados na Polícia.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 07 Março 2019 20:57

O Presidente da República, Filipe Nyusi, deve envidar esforços para a “libertação imediata” do jornalista Amade Abubacar, detido na província de Cabo Delgado, insta a Federação dos Jornalistas de Língua Portuguesa (FJLP), sediada no Brasil.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 07 Março 2019 07:07

Foto de Emildo SamboA Comissão Nacional de Eleições (CNE) espera recensear 13 milhões de votantes para as eleições gerais – presidenciais, legislativa e das assembleias provinciais – marcadas para 15 de Outubro deste ano. Moçambique tem 28.9 milhões de habitantes, segundo a informação preliminar do Instituto Nacional de Estatística (INE).

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 06 Março 2019 07:28

Passaram nesta terça-feira (05) dois meses em que o jornalista da Rádio Comunitária Nacedje e colaborador da Zitamar News, Amade Abubacar, está privado de liberdade, em Cabo Delgado, acusado de “instigação pública com recurso a meios informáticos”. A Amnistia Internacional (AI) revelou que o jornalista está a passar por maus-tratos, perante a insensibilidade das autoridades judiciais e governamentais.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 05 Março 2019 07:27

O jurisconsulto e ex-deputado da Assembleia da República (AR), Teodoro Waty, considera que a descentralização é benéfica para Moçambique, pese embora tenha sido adiada por várias décadas. Porém, ele antevê que, nos próximos cinco anos, começarão a surgir alguns problemas decorrentes da implementação desse processo. “Os denominados órgãos de governação descentralizada, antes pertencentes ao Estado e às autarquias”, aperceber-se-ão de que são apenas decorativos.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 05 Março 2019 07:23

Foto de Emildo SamboO Instituto Eleitoral para a Democracia Sustentável em África (EISA) diz que a falta de clarificação de competências entre os governadores provinciais e os secretários do Estado, o risco de descoordenação entre as instituições por conta da possibilidade de o poder administrativo ser exercido por pessoas despreparadas e a não indicação de meios de participação dos cidadãos na governação local são alguns fracassos salientes no processo de descentralização que se pretende implementar em Moçambique.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 01 Março 2019 07:42

Foto da Assembleia da República“Este país está no banco dos réus por culpa do Partido que Governa desde 1975”, afirmou Lutero Simango discursando nesta quinta-feira (28) na abertura da penúltima Sessão Ordinária da VIII Legislatura da Assembleia da República onde recordou do imperativo que é aprovar a Lei do Regime Orgânico do Referendo: “O povo podia ser consultado na base de Referendo para se pronunciar sobre as dívidas ocultas, Pagar ou Não Pagar!”

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 01 Março 2019 07:38

Foto da Assembleia da RepúblicaA bancada parlamentar do partido Renamo, órfã da sua Chefe que está em licença de parto, desafiou nesta quinta-feira (28) a Assembleia da República “a revogar o dispositivo legal que tenta transformar estas dívidas inconstitucionais e ilegais em dívida limpa na Conta Geral de 2015 em resposta ao apelo à inúmeras vozes da sociedade moçambicana que dizem em uníssono nós não queremos pagar esta dívida”.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 01 Março 2019 07:35

Foto da Assembleia da RepúblicaMargarida Talapa anunciou, discursando na abertura da IX Sessão Ordinária da Assembleia da República, que o Comité Central do partido Frelimo vai decorrer entre 22 a 24 de Março próximo para preparar a vitória do “camarada Presidente Filipe Jacinto Nyusi que é um imperativo nacional”. Sobre as dívidas ilegais a líder parlamentar declarou que “a Frelimo continuará firme nos seus princípios de total intolerância à corrupção, ao branqueamento de capitais e a qualquer outra forma de ilegalidade”.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 6 de 126