Escrito por Redação   
Terça, 24 Março 2015 08:08

Prevalece a falta de entendimento entre o Governo e a Renamo em relação à restrição da influência ou domínio partidário na Administração Pública. A “Perdiz” não quer que os servidores públicos, o Presidente da República e os dirigentes por este indicados realizem actividades político-partidárias nas instituições do Estado, das 07h30 às 15h30, mas o Executivo defende o contrário.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 23 Março 2015 09:05

Em menos de dois anos, alguns cidadãos do município de Vilanculos manifestam-se descontentes com a gestão de Abílio Machado, a quem certos funcionários acusam de recorrer a métodos ditatoriais para tomar alguns decisões a favor de terceiros, como aconteceu, por exemplo, no caso que envolve a instituição que dirige e os donos do Complexo Samara, que chegaram a ser detidos e transportados para uma esquadra como se fossem cães, quando tentavam impedir a destruição de uma ponte aérea erguida com base em madeira e um muro de protecção costeira defronte das suas instalações.

 
Escrito por Redação   
Segunda, 16 Março 2015 11:56

A 07 de Fevereiro de 2014, Mahamudo Amurne tomou posse como novo edil da cidade de Nampula e prometeu limpar, em 100 dias, através de um projecto denominado “Warya Wa Wamphula”, a urbe que estava infestada de lixo. Volvido mais de um ano desde a sua tomada de posse, o plano revela-se um fiasco. Nas avenidas do Trabalho, das FPLM e Eduardo Mondlane e nas várias ruas no interior dos bairros de Napipine, Natikiri, Murrapaniua, Muahivire, Muatala, Muhala e Namicopoos resíduos sólidos resultantes das actividades domésticas e comerciais são o principal obstáculo à circulação de pessoas, para além do cheiro nauseabundo de que os munícipes se queixam.

 
Escrito por Luís Rodrigues   
Terça, 10 Março 2015 10:15

O governo estabelece o prazo máximo de 75 dias, contados a partir da última quinta-feira (5), para o início do processo de requalificação dos bairros mais propensos a problemas ambientais, derivados da ocupação desordenada dos assentamentos informais, e da retirada coerciva das famílias que residem a menos de 50 metros do leito do rio Muhala, na cidade de Nampula.

 
Escrito por Redação   
Sexta, 06 Março 2015 08:09

Está em funções a Assembleia-Geral do Fundo de Paz e Reconciliação Nacional, órgão que vai gerir os 10 milhões de dólares norte-americanos alocados pelo Governo, destinados à reintegração social dos desmobilizados de guerra, em particular dos homens que estiveram envolvidos no último conflito militar, que terminou a 05 de Setembro passado com a assinatura do Acordo de Paz, assinado pelo antigo Chefe de Estado, Armando Guebuza, e pelo líder da Renamo, Afonso Dhlakama.

 
Escrito por Redação   
Terça, 17 Março 2015 09:58

A Renamo submeteu na segunda-feira (16) à Assembleia da República (AR) o anteprojecto sobre as “regiões autónomas”, que vai ser discutido na primeira sessão ordinária da VIII legislatura, que arranca a 31 de Março.

 
Escrito por Redação   
Terça, 17 Março 2015 07:33

As delegações do Governo e do partido Renamo prorrogaram por mais 60 dias a missão da Equipa de Observação da Cessação das Hostilidades Militares (EMOCHM). O consenso sobre as datas da missão da EMOCHM cujas funções são de observar e monitorar a integração dos homens residuais da Renamo nas Forças de Defesa e Segurança (FDS), bem como observar a sua reinserção social, foi alcançado nesta segunda-feira(16)em sede do diálogo político. Entretanto oficiais militares de cinco países integrantes a EMOCHM abandonaram a missão.

 
Escrito por Luís Rodrigues   
Segunda, 23 Fevereiro 2015 12:15

A Direcção Provincial da Agricultura de Nampula está apreensiva em relação a alguns procedimentos usados por determinados parceiros externos no financiamento aos produtores locais e que não se adequam à actual situação social e económica do país. A preocupação foi manifestada pelos técnicos do sector que, na última sexta-feira (20), participaram do encontro de lançamento da segunda fase do programa FinAgro, uma iniciativa da Techno Serve, com financiamento da Agência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

 
Escrito por Redação   
Quinta, 05 Março 2015 10:42

A Frelimo, partido no poder há quase 40 anos, considerava o constitucionalista moçambicano Gilles Cistac, assassinado na terça-feira (03) em Maputo, “ingrato e mal-agradecido” à “hospitalidade e ao acolhimento dos moçambicanos”, por ter declarado que à luz do número 04, do artigo 273 da Constituição, a Renamo pode criar “regiões autónomas” nas províncias que diz ter ganho nas últimas eleições gerais.

 
Início Anterior 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Seguinte Final

Pág. 94 de 121