Escrito por Redação   
Quinta, 17 Julho 2014 12:55

O líder da Renamo, Afonso Dhlakama, disse na última semana que a detenção do seu porta-voz, António Muchanga, não passa de uma provocação antidemocrática do partido no poder, a Frelimo, visando alastrar o clima de guerra de modo a manter o Presidente Guebuza no poder. Apesar da provocação, Dhlakama garante que não vai retaliar com o recurso à violência.

 
Escrito por Redação   
Terça, 15 Julho 2014 14:38

O porta-voz da Renamo, maior partido da oposição, António Muchanga, foi ouvido em audição, esta terça-feira (15), pela Procuradoria-Geral da República (PGR), na capital do país, após ter sido detido, na semana passada, à saída do recinto da Presidência da República, depois do Conselho de Estado (CE). No fim da audição, que durou cerca de três horas, Muchanga terá sido levado novamente à Cadeia da Máxima Segurança, vulgo BO, para onde foi transferido, na quarta-feira (09), após a legalização da sua detenção pelo Tribunal Judicial da Cidade de Maputo.

 
Escrito por Redação   
Quinta, 10 Julho 2014 16:27

Criada em 2009, a Associação para a Defesa e Desenvolvimento da Sociedade (ADDESSO) ressente-se da falta de parceiros financeiros para a concretização dos seus projectos. A agremiação, que actua nas áreas de educação, empreendedorismo, meio ambiente e saúde pública, entende que essa situação se deve ao facto de algumas organizações financiadoras de projectos sociais não levarem a sério os planos de pedido de financiamento, contrariamente ao que acontecia há poucos anos. De acordo com o coordenador geral desta agremiação, Deedar Guerra, a ADDESSO, depois de oficializada em 2009, começou a desenvolver um projecto de formação de jovens empreendedores, sendo que neste momento estão a beneficiar desta formação cerca de 20 pessoas no bairro de Khongolote.

 
Escrito por Alfredo Manjate   
Sexta, 11 Julho 2014 18:03

Após quase quatro anos de debate e alguma polémica em torno de alguns artigos que eram considerados um insulto à dignidade humana, tais como os que versam sobre o abuso sexual contra as mulheres e criançase penalização dos protagonistas desta prática, a Assembleia da República (AR) aprovou, em definitivo e por consenso, na sexta-feira (11), o novo Código Penal (CP) que vigorava em Moçambique há um século.

 
Escrito por Redação   
Quinta, 10 Julho 2014 09:09

O Ministro das Finanças, Manuel Chang, reconheceu em sede da Assembleia da República (AR), esta semana, que o projecto da Empresa Moçambicana de Atum (EMATUM) que pouco depois da sua criação se envolveu num negócio de cerca de 850 milhões de euros, tendo o Executivo com avalista, não mereceu nenhum aval do Parlamento.

 
Escrito por Redação   
Quarta, 09 Julho 2014 23:19

O Tribunal Judicial da Cidade de Maputo legalizou, nesta quarta-feira (09), a detenção do porta-voz do gabinete do presidente da Renamo, António Muchanga, detido na tarde da passada segunda-feira, 07 de mês corrente, no recinto da Presidência da República de Moçambique, momentos depois do Conselho de Estado. Muchanga é acusado de incitar à violência. O maior partido da oposição contestou desde o início o encarceramento do seu quadro, considerando que tal foi feito de forma ilegal por ter ocorrido sem um mandado judicial, tal como prevê a lei.

 
Escrito por Redação   
Quarta, 09 Julho 2014 10:16

O Presidente da República exonerou Augusto Paulino do cargo de Procurador-Geral da República (PGR) de Moçambique, a seu pedido, por razões de saúde.

 
Escrito por Alfredo Manjate   
Terça, 08 Julho 2014 17:17

Uma delegação da Renamo deslocou-se, esta terça-feira (08), à Procuradoria-Geral da República (PGR) para pedir esclarecimentos sobre a detenção, na segunda-feira (07), do seu membro, António Muchanga, à saída da Presidência da República, depois da quarta sessão do Conselho do Estado, órgão o qual ele é membro.

 
Escrito por Alfredo Manjate   
Terça, 08 Julho 2014 11:50

O Governo moçambicano vai ao Parlamento, nesta quarta-feira (09), responder às perguntas das bancadas parlamentares sobre diversos aspectos da vida do país. O “caso EMATUM” deverá dominar a sessão, uma vez que as bancadas da oposição, de forma insistente, querem saber dos contornos da origem daquela empresa que pouco depois da sua criação se envolveu num negócio de cerca de 850 milhões de euros, tendo o Executivo com avalista.

 
Início Anterior 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 Seguinte Final

Pág. 97 de 103