Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 22 Janeiro 2019 06:14

As autoridades judiciais em Cabo Delgado alegam que o jornalista da Rádio Comunitária Nacedje e colaborador do portal Zitamar News, Amade Abubacar, detido há 17 dias, conspirou contra o Estado moçambicano e incorre em pena de prisão até 12 anos. Ora, o advogado da vítima, cuja detenção não só é considerada ilegal, como também é deplorada de todo em todo, remeteu um pedido de libertação sob caução e aguarda resposta.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 21 Janeiro 2019 06:43

O pico da época chuvosa e aproximação da primeira tempestade tropical do ano em Moçambique colocam em risco moderado a alto de inundações localizadas as cidades de Quelimane e da Beira.

Actualizado em Segunda, 21 Janeiro 2019 07:52
 
Escrito por Redação   
Domingo, 20 Janeiro 2019 21:59

A detenção do jornalista Amade Abubacar, no dia 5 de Janeiro corrente, no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado, não só é illegal, como também é prova de que o estado moçambicano é “autoritário” e as instituições de justiça são apáticas, considera a Justiça Ambiental (JA). O jornalista segue detido, há mais de duas semanas.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 18 Janeiro 2019 06:23

A prisão do jornalista da Rádio Comunitária Nacedje, Amade Abubacar, no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado, é ilegal e as autoridades judiciais devem restitui-lo à liberdade, apurar “quem ordenou e efectuou a detenção” e responsabilizar os mentores se no quartel onde esteve encarcerado por vários dias tiver havido “violação de vários direitos fundamentais”, disse o advogado Rodrigo Rocha, ao @Verdade.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 17 Janeiro 2019 06:25

Foto de Adérito CaldeiraO Governo de Filipe Nyusi decidiu restringir por decreto a realização de seminários, reuniões sectoriais, o acolhimento de eventos internacionais e ainda as deslocações em Missão de Serviço.

Actualizado em Quinta, 17 Janeiro 2019 09:03
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 17 Janeiro 2019 06:23

O jornalista da Rádio Comunitária Nacedje, Amade Abubacar, detido, há sensivelmente duas semanas, em Macomia, encontra-se encarcerado no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Mueda, acusado de “instigação pública com recurso a meios informáticos”, segundo Armando Wilson, porta-voz da Procuradoria Provincial de Cabo Delgado, que desde 05 de Janeiro manteve-se em silêncio, perante o sofrimento da família da vítima.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 16 Janeiro 2019 06:42

Abubacar Artur, pai do jornalista da Rádio Comunitária Nacedje, Amade Abubacar, expôs ao @Verdade a angústia que vive desde a detenção do filho, há 12 dias, no distrito de Macomia, em Cabo Delgado, pela Polícia da República de Moçambique (PRM), e falta de comunicação com o mesmo. “O telefone dele está desligado”, mas tenho insistido, afirmou o progenitor da vítima e admitiu: “estou muito preocupado” porque nenhuma autoridade diz coisa concreta. Para agravar a aflição, o Comando-Geral da Polícia mantém-se quieto e calado.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 15 Janeiro 2019 08:36

Foto de Adérito CaldeiraMaputo, Beira e Nacala são os únicos Aeroportos Internacionais de Moçambique no entanto existem cinco Aeródromos classificados como Pontos de Entrada de voos que podem vir do estrangeiro e outros quatro designados para receberem somente aviões provenientes da SADC.

Actualizado em Terça, 15 Janeiro 2019 14:30
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 15 Janeiro 2019 08:32

Foto da Presidência da RepúblicaOs presidentes de Moçambique e da África do Sul, Filipe Nyusi e Cyril Ramphosa, reuniram nesta segunda-feira(14) em Maputo para falar sobre as detenções do empresário Andre Hannekom, acusado de ser o financiador do "Al Shabaab” em Cabo Delgado, e do ex-ministro Manuel Chang, que aguarda extradição para o EUA numa cadeia sul-africana.

Actualizado em Terça, 15 Janeiro 2019 08:48
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 15 Janeiro 2019 08:28

Volvidos 11 dias, esta terça-feira (15), da detenção de Amade Abubacar, jornalista da Rádio Comunitária de Nacedje, no dia 05 de Janeiro corrente, no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado, a Polícia da República de Moçambique (PRM), alega que ainda é cedo para dar informações detalhadas sobre o caso, supostamente porque é “delicado”. Porém, a vítima continua em cárcere e incontactável, alegadamente num quartel militar em Mueda, o que a ser verdade é uma aberração, pois é proibida a prisão de civis em instituições militares.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 11 Janeiro 2019 06:37

Quatro pessoas morreram e outras 13 ficaram grave e ligeiramente feridas, em consequência de um acidente de viação, ocorrido na manhã de quinta-feira (10), na cidade de Maputo. Com este sinistro, eleva-se para 41 o número de óbitos e 84 feridos, na primeira semana de Janeiro em curso, em alguns pontos de Moçambique.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 2 de 59