Escrito por Redação   
Quinta, 11 Janeiro 2018 21:47

A mulher e o irmão detidos, semana passada, pela Polícia da República de Moçambique (PRM), na cidade da Beira, província de Sofala, acusados de orquestrar o assassinato do marido daquela e depois simularem enforcamento, foram restituídos à liberdade, após uma semana de reclusão, por ordens da procuradoria e do tribunal locais, que fundamentam que os indiciados são inocentes e o malogrado suicidou-se.

Actualizado em Quinta, 11 Janeiro 2018 21:50
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 09 Janeiro 2018 22:46

O Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), criando através da Lei número 2/2017, de 09 de Janeiro, parou, na terça-feira (09), para assinalar a passagem do primeiro aniversário, numa altura em que vários crimes continuam por esclarecer, entre eles o assassinato e atentado contra a de vida dos membros dos partidos políticos da oposição e académicos. Sobre este assunto, não se tem ainda novos desenvolvimentos e o director-geral daquela entidade fala, sem pormenores, de investigações em curso, a mesma justificação em que se escudou, durante anos da sua vigência, a extinta Polícia de Investigação Criminal (PIC), bem como a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Actualizado em Quarta, 10 Janeiro 2018 08:13
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 09 Janeiro 2018 22:44

O receio de haver novos ataques e a convicção de que o grupo armado que atacou, sucessivamente, três unidades policiais, na madrugada de 05 de Outubro de 2017, no distrito de Mocímboa da Praia, província de Cabo Delgado, ainda não foi completamente desarticulado ainda imperam. A Polícia da República de Moçambique (PRM) privou, semana finda, a liberdade de 24 moçambicanos suspeitos de fazer parte do referido grupo.

 
Escrito por Redação   
Terça, 09 Janeiro 2018 06:54

Quatro cidadãos, dois dos quais funcionários do Instituto Nacional dos Transportes Terrestres (INATTER), em Sofala, estão a contas com as autoridades judiciais, acusados de corrupção passiva para actos ilícitos, corrupção activa, furto e falsificação de documentos, abuso de cargo ou função e associação para delinquir.

 
Escrito por Redação   
Sexta, 05 Janeiro 2018 07:56

Um total de 115 crianças e mulheres adultas foram abusadas sexualmente entre 20 de Dezembro passado a 01 de Janeiro corrente. Metade das vítimas é de zero a 14 anos de idade. Porém, comparativamente ao anterior período das festividades, o número diminuiu em 30 casos, ao passar de 145, entre 2016/2017, para 115, de 2017 para 2018. Mesmo assim, as autoridades mostram-se preocupadas com situação, sobretudo por envolver vítimas recém-nascidas.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 05 Janeiro 2018 07:51

Um dos males de que tanto se fala mas os seus impactos perversos continuam evidentes voltou a aterrorizar algumas famílias. Pelo menos 221 mulheres de 25 a 59 anos idades foram vítimas de violência doméstica em pleno período de festas, em diferentes províncias moçambicanas, segundo o Ministério da Saúde (MISAU), que aponta para uma redução deste problema em 21%, comparativamente às festividades de 2016/2017.

 
Escrito por Redação   
Sexta, 05 Janeiro 2018 07:45

O mês de Dezembro foi marcado por situações negativas. De forma deliberada o Ministério de Interior impediu a entrada de turistas estrangeiros ao nosso país, o que de certa forma revelou a falta de bom senso por parte das autoridades moçambicanas. Este facto, sem dúvidas, marcou, de forma negativa, os moçambicanos. Além disso, a exoneração e nomeação do cargo de ministro da Agricultura e Segurança Alimentar para o de ministro de Negócios Estrangeiros e Cooperação, e a morte da cantora Zena Bacar, foram outros aspectos marcantes (pela negativa) no mês de Dezembro de 2017.

 
Escrito por Redação   
Sexta, 05 Janeiro 2018 07:22

O mês de Novembro foi marcado pelas notícias dando conta de que a Dívida Pública ultrapassou os 100 milhões de meticais, avaliação negativa da governação do Nyusi no Índice de Governação Africana feita pela Fundação Mo Ibrahim e, por fi m, o facto de o aeroporto de Mavalane continuar a ser a porta de exportação para os traficantes dos troféus de caça furtiva.

Actualizado em Sexta, 05 Janeiro 2018 07:45
 
Escrito por Redação   
Quinta, 04 Janeiro 2018 07:49

Em Outubro, os moçambicanos foram surpreendidos com o assassinato bárbaro do presidente do Conselho Municipal da Cidade de Nampula, Mahumudo Amaurane. Este acontecimento chocou o país inteiro, não só por ter sucedido no dia em que o país comemorava mais um dia de paz, mas sim por se tratar de um homem que foi combatente acérrimo da corrupção. Marcaram ainda este mês os diversos actos infantis protagonizados pelo então edil interino de Nampula, Manuel Tocova, e o atestado médico forjado pela procuradora de Tete, Ivánia Taibo Mussagy

 
Escrito por Redação   
Quinta, 04 Janeiro 2018 07:41

No mês de Setembro, a notícia dando conta do afundamento de Moçambique no “Ranking de Competitividade” foi um dos aspectos mais marcantes. Aliado a esta situação, o iniciou do julgamento da antiga Presidente de Conselho de Administração do Fundo de Desenvolvimento Agrário e o regresso da selecção de hóquei em patins com o inglório oitavo lugar, perdendo o estatuto da melhor selecção africana, também foram os temas que chamaram atenção dos moçambicanos em Setembro de 2017.

 
Escrito por Redação   
Quarta, 03 Janeiro 2018 07:10

O aparatoso acidente de viação que se deu em Inhambane onde deixou seis óbitos e 28 feridos foi um dos principais acontecimentos que marcou o mês de Agosto. Além disso, o facto de o Presidente Nyusi encontrar-se com líder da Renamo em Gorongosa, para além do Governo da Frelimo ter “enterrado” mais de meio bilhão de meticais nas Linhas Aéreas de Moçambique, foram também os aspectos marcantes no mês de Agosto.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 3 de 52