Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 18 Janeiro 2019 06:23

A prisão do jornalista da Rádio Comunitária Nacedje, Amade Abubacar, no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado, é ilegal e as autoridades judiciais devem restitui-lo à liberdade, apurar “quem ordenou e efectuou a detenção” e responsabilizar os mentores se no quartel onde esteve encarcerado por vários dias tiver havido “violação de vários direitos fundamentais”, disse o advogado Rodrigo Rocha, ao @Verdade.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quinta, 17 Janeiro 2019 06:23

O jornalista da Rádio Comunitária Nacedje, Amade Abubacar, detido, há sensivelmente duas semanas, em Macomia, encontra-se encarcerado no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Mueda, acusado de “instigação pública com recurso a meios informáticos”, segundo Armando Wilson, porta-voz da Procuradoria Provincial de Cabo Delgado, que desde 05 de Janeiro manteve-se em silêncio, perante o sofrimento da família da vítima.

 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 16 Janeiro 2019 06:42

Abubacar Artur, pai do jornalista da Rádio Comunitária Nacedje, Amade Abubacar, expôs ao @Verdade a angústia que vive desde a detenção do filho, há 12 dias, no distrito de Macomia, em Cabo Delgado, pela Polícia da República de Moçambique (PRM), e falta de comunicação com o mesmo. “O telefone dele está desligado”, mas tenho insistido, afirmou o progenitor da vítima e admitiu: “estou muito preocupado” porque nenhuma autoridade diz coisa concreta. Para agravar a aflição, o Comando-Geral da Polícia mantém-se quieto e calado.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 15 Janeiro 2019 08:36

Foto de Adérito CaldeiraMaputo, Beira e Nacala são os únicos Aeroportos Internacionais de Moçambique no entanto existem cinco Aeródromos classificados como Pontos de Entrada de voos que podem vir do estrangeiro e outros quatro designados para receberem somente aviões provenientes da SADC.

Actualizado em Terça, 15 Janeiro 2019 14:30
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 15 Janeiro 2019 08:32

Foto da Presidência da RepúblicaOs presidentes de Moçambique e da África do Sul, Filipe Nyusi e Cyril Ramphosa, reuniram nesta segunda-feira(14) em Maputo para falar sobre as detenções do empresário Andre Hannekom, acusado de ser o financiador do "Al Shabaab” em Cabo Delgado, e do ex-ministro Manuel Chang, que aguarda extradição para o EUA numa cadeia sul-africana.

Actualizado em Terça, 15 Janeiro 2019 08:48
 
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 15 Janeiro 2019 08:28

Volvidos 11 dias, esta terça-feira (15), da detenção de Amade Abubacar, jornalista da Rádio Comunitária de Nacedje, no dia 05 de Janeiro corrente, no distrito de Macomia, província de Cabo Delgado, a Polícia da República de Moçambique (PRM), alega que ainda é cedo para dar informações detalhadas sobre o caso, supostamente porque é “delicado”. Porém, a vítima continua em cárcere e incontactável, alegadamente num quartel militar em Mueda, o que a ser verdade é uma aberração, pois é proibida a prisão de civis em instituições militares.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 10 Janeiro 2019 05:57

Foto de Khayelihle Khumalo O antigo ministro da Finanças de Moçambique, que assinou ilegalmente as Garantias bancárias que possibilitaram os empréstimos de 2,2 biliões de dólares, perdeu nesta quarta-feira(09) a primeira batalha contra os Estado Unidos da América(EUA) ao ver validada a sua detenção pelas autoridades sul-africanas. Manuel Chang regressa ao Tribunal esta quinta-feira(10) para tentar sair em liberdade provisória enquanto contesta o pedido de extradição para ser julgado por corrupção e lavagem de dinheiro nos EUA.

Actualizado em Quinta, 10 Janeiro 2019 08:32
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 04 Janeiro 2019 11:15

Os 13 cidadãos moçambicanos e sete chineses detidos no passado dia 23 de Dezembro por corte ilegal de madeira da espécie Mondzo no distrito de Gorongosa, na província de Sofala, foram soltos pelo Juiz Leonid Muhate que considerou a detenção “irregular e ilegal”.

Actualizado em Terça, 08 Janeiro 2019 08:06
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 04 Janeiro 2019 08:15

Três antigos funcionários do Credit Suisse, banco financiador da Proindicus e EMATUM, e um ex-executivo do grupo Privinvest, armador que recebeu os 2,2 biliões de dólares dos bancos, foram detidos em conexão com as dívidas ilegais de Moçambique.

Actualizado em Sexta, 04 Janeiro 2019 10:05
 
Escrito por Redação   
Quinta, 03 Janeiro 2019 21:15

Foto de Adérito CaldeiraFoi enfim inaugurada a megalómana ponte entre a cidade de Maputo e o distrito municipal de Ka Tembe. Oficialmente o custo é de 785 milhões de dólares norte-americanos no entanto os moçambicanos vão pagar, ao que tudo indica com as receitas do gás natural da Bacia do Rovuma, por esta ponte dos “maputenses” cerca de 1,3 bilião de dólares à China. Só em juros serão mais de 30 milhões de dólares norte-americanos anuais até 2039.

Actualizado em Sexta, 04 Janeiro 2019 09:46
 
Escrito por Redação   
Quinta, 03 Janeiro 2019 21:09

Foto de Emildo SamboA Comissão Nacional de Eleições (CNE) negou, em sessão plenária de centralização nacional e apuramento geral das eleições autárquicas de 10 de Outubro, recontar os resultados dos municípios de Monapo, Moatize, Alto Molócuè, Marromeu e Matola, onde a Renamo reivindica vitória. O argumento foi de que os mesmos já são alvos de “recursos e contenciosos eleitorais”. Por isso, os processos devem correr os trâmites legais. Contudo, esta posição torna a CNE num “mero espectador do festival de irregularidades e violação da legalidade eleitoral”. Faz ainda esforço de colocar no poder dirigentes não eleitos pelo povo, segundo alguns vogais.

Actualizado em Sexta, 04 Janeiro 2019 09:48
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 7 de 63