Escrito por Adérito Caldeira   
Domingo, 17 Novembro 2019 23:22

Foto FIBADepois de terem colocado Moçambique num mundial de basquetebol, em 2014, as “Samurais” deixaram os moçambicanos a sonharem com uma participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 após derrotarem o Senegal neste domingo (18). Sem apoios para preparação e nem uma mensagem do Presidente, que pessoalmente tem prestado apoio aos perdedores “Mambas”, Leia Dongue pediu “apoiem a nossa selecção”.

Actualizado em Segunda, 18 Novembro 2019 08:25
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 14 Novembro 2019 22:38

Ainda sem conseguir usar a Garantia Soberana de 2,2 biliões de dólares que o Governo de Filipe Nyusi emitiu para financiar a participação directa de Moçambique na exploração do gás natural existente na Bacia do Rovuma, a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) já acumulou dividas que ultrapassam 1,5 bilião de dólares (92,2 biliões de meticais). O @Verdade apurou que 1,2 bilião de dólares (73,7 biliões de meticais) desse montante é endividamento contraído em 2018 para ressarcir aos seus parceiros na Área 1 e 4 pelas despesas que incorreram desde o início das actividades de pesquisa em 2006.

Actualizado em Sexta, 15 Novembro 2019 12:51
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 13 Novembro 2019 21:50

Foto de Adérito CaldeiraO Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu em alta o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de Moçambique até ao fim do ano. “As projecções para 2019 foram revisadas, no caso do crescimento do PIB, em alta de 1,8 por cento para 2,1 por cento” indicou nesta quarta-feira (13) o chefe da equipa do FMI que visitou o nosso país, Ricardo Velloso, que no entanto rebaixou as expectativas para o próximo ano “espera-se que o crescimento do PIB real venha a atingir 5,5 por cento em 2020”.

Actualizado em Quarta, 13 Novembro 2019 21:57
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 12 Novembro 2019 21:19

A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) iniciou esta semana uma nova tentativa para obter financiamento bancário que precisa para materializar a participação directa de Moçambique no projecto que vai explorar o gás natural existente no campo no Campo Golfinho/Atum, na Área 1 da Bacia do Rovuma. Mas o @Verdade apurou que enquanto isso a ENH endividou os moçambicanos em mais de 809 milhões de dólares junto dos seus sócios Anadarko, Mitsui, ONGC, Barhat Petro Resources, PTT Exploration & Production e Beas para ressarci-los das despesas que tiveram desde o início das actividades de pesquisa na Área 1.

Actualizado em Quarta, 13 Novembro 2019 08:12
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 11 Novembro 2019 21:42

Na semana passada a Electricidade de Moçambique (EDM) foi referida no Parlamento da África do Sul como uma das empresas que devedoras da Eskom, com o equivalente a 886 milhões de meticais. No entanto o @Verdade apurou que as principais dívidas da eléctrica estatal são à Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), que voltou a aumentar para 4,4 biliões, e agravou as facturas por pagar à Central Térmica de Ressano Garcia (CTRG), ascendem a 5,9 biliões de meticais.

Actualizado em Terça, 12 Novembro 2019 07:15
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 111