Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 05 Dezembro 2018 06:44

Gabinete do primeiro-ministroA bancada do partido Frelimo na Assembleia da República(AR) vai aprovar o Orçamento de Estado(O) para o último ano do 1º mandato presidencial de Filipe Nyusi indiferente ao efémero investimento na agricultura, ao aumento do serviço da Dívida Pública ou ao agravamento das assimetrias com Maputo a ficar com mais de 69 por cento dos 340 biliões da despesa do Estado prevista em 2019. Em pré-campanha eleitoral o primeiro-ministro disse mesmo que os moçambicanos estão a recuperar o poder de compra.

Actualizado em Quarta, 05 Dezembro 2018 07:56
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 04 Dezembro 2018 07:32

Foto de Adérito CaldeiraO presidente da maior e mais antiga organização sindical em Moçambique considera que a proposta de revisão pontual da Lei do Trabalho “vulnerabiliza muito os trabalhadores, tem muitos sistemas de contratos precários e inseguros”. A OTM pretende rever a possibilidade que existe para as Pequenas e Médias Empresas(PME´s), nos primeiros 10 anos da sua actividade , celebrarem livremente contratos a prazo certo, “nós pensamos que isso é absolutamente injusto, não concorre com a necessidade de empregos seguros e empregos dignos no nosso país”, afirmou Samuel Fenias Matsinhe.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 03 Dezembro 2018 07:45

Cerca de duas décadas após a Sasol, Rio Tinto, Vale, Jindal, Kenmare, Montepuez Ruby Mining e outras multinacionais começarem a explorar os recursos que a natureza abençoou o nosso país o impacto da indústria extrativa na vida dos moçambicanos “não parece uma bênção neste momento, parece mais uma maldição” constatou o economista António Cruz durante a Conferencia de Desenvolvimento Inclusivo em Moçambique onde o director adjunto da UNU Wider reiterou a importância da diversificação da economia, em detrimento do conteúdo local na indústria do gás, pois dos biliões investidos por estes megaprojectos contribuem pouco para Produto Interno Bruto(PIB) e ainda menos em postos de trabalho para os nacionais.

Actualizado em Segunda, 03 Dezembro 2018 19:30
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 30 Novembro 2018 07:52

Ministério da Economia e FinançasO Governo de Filipe Nyusi espera que os Instrumento de Recuperação do Valor (VRI- Value Recorvery Instrument), indexados às receitas do gás natural das áreas 1 e 4 da Bacia do Rovuma, propostos aos credores da EMATUM totalizem 390 milhões de dólares norte-americanos. No documento do Ministério da Economia e Finanças(MEF) a que o @Verdade teve acesso o empréstimo de 850 milhões de dólares contraído em 2013, violando a Lei Orçamental e a Constituição da República de Moçambique, vai custar ao povo pelo menos 2,2 biliões de dólares norte-americanos.

Actualizado em Sexta, 30 Novembro 2018 15:36
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quinta, 29 Novembro 2018 07:37

Foto de Adérito CaldeiraO Presidente do Conselho de Administração(PCA) da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos(ENH) afirmou nesta quarta-feira(28) que a criação de um Fundo Soberano com receitas do gás natural “poderá ser mais tarde”, porque agora “temos problemas reais na nossa economia, problemas de pobreza muito sérios, temos de melhorar a condição de vida dos moçambicanos”.

Actualizado em Quinta, 29 Novembro 2018 08:39
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 2 de 89