Escrito por Redação   
Quarta, 10 Outubro 2018 05:51

Foto da CNEO Presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) chamou de “cães” a “esses que andam a falar mal de mim, chamam-me ladrão de votos”. O Sheik Abdul Carimo Nordine Sau, que entrou para a CNE num processo pouco transparente e “driblando” todas Organizações da Sociedade Civil envolvidas no escrutínio eleitoral, acrescentou que não vai parar o trabalho “para lhes atirar pedras”

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 09 Outubro 2018 07:45

Foto de Adérito CaldeiraO director da ExxonMobil Moçambique agradeceu “a contribuição valiosa do Banco de Moçambique” para a assinatura dos contratos de Concessão de Pesquisa e Produção de Petróleo no Delta do Zambeze e em Angoche, rubricados entre a empresa norte-americana, a russa Rosneft, a Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) e o Instituto Nacional de Petróleos (INP). Mas o @Verdade apurou que para além de vários incentivos, que começam na estabilidade fiscal durante 30 anos, as multinacionais que vão explorar petróleo e gás natural forçaram normas e procedimentos cambiais especiais.

Actualizado em Terça, 09 Outubro 2018 08:32
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 08 Outubro 2018 08:03

Foto de Adérito CaldeiraO Governo vai enfim iniciar a amortização das dívidas acumuladas durante mais de 10 anos por bens e serviços fornecidos pelo sector privado moçambicano. Até Dezembro 553 pequenas e médias empresas irão receber cerca de 2,8 biliões de meticais. “Nós estamos numa situação em que toda a retoma da economia tem que ir mais pela via da oferta” disse o ministro da Economia e Finanças que no entanto não indicou quando serão amortizados os remanescentes dos 23,5 biliões de meticais devidos pelo Estado.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 05 Outubro 2018 07:47

Grafismo do Mozambique LNGO Governo de Moçambique vai assegurar a participação da Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) no Consórcio que vai explorar o de Gás Natural Liquefeito (GNL) existente na Área 1 Offshore da Bacia do Rovuma emitindo uma Garantia Soberana de 2,2 biliões de dólares.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 03 Outubro 2018 08:00

Foto da Presidência da RepúblicaFilipe Jacinto Nyusi lançou nesta segunda-feira (01), na sua terra natal, a campanha para a sua reeleição como Presidente de Moçambique fazendo uso das receitas fiscais de Mais Valias cobradas em 2017, pelo negócio das empresas ENI e Exxon Mobil. Fica mais uma vez adiada a constituição de um fundo soberano onde poderiam ser poupadas parte das receitas da industria extrativa para as gerações vindouras.

 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 4 de 87