Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 09 Outubro 2019 22:15

Foto de Naíta UsseneO Governo de Filipe Nyusi vai terminar o mandato a violar a Lei de Minas que demandou a criação da Alta Autoridade da Indústria Extractiva até Agosto de 2015. Após reiteradas promessas sobre a data da implantação da instituição que irá fiscalizar as operações mineiras e petrolíferas em Moçambique o ministro dos Recursos Minerais e Energia revelou ao @Verdade que o dispositivo legal vai ser devolvido a Assembleia da República... enquanto isso as multinacionais continuam a explorar os recursos naturais dos moçambicanos ao desbarato.

Actualizado em Quinta, 10 Outubro 2019 07:34
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Terça, 08 Outubro 2019 22:20

Foto da Presidência da RepúblicaA ExxonMobil e Eni apadrinharam nesta terça-feira (08) a campanha para a reeleição de Filipe Nyusi como Presidente de Moçambique anunciado investimentos antecipados de 520 milhões de dólares. Na véspera a petrolífera italiana havia dado um contributo separado garantindo mais fundos para o Ministério da Terra Ambiente e Desenvolvimento Rural que é o “saco azul” da campanha do partido Frelimo. Escolhido no início do ano pelas petrolíferas Nyusi, em tom de Chefe de Estado reeleito, agradeceu a confiança e reafirmou o seu slogan: “Moçambique tem tudo para dar certo”.

 
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 07 Outubro 2019 22:09

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) responderam a promessa do Presidente Filipe Nyusi e vão reiniciar em Março de 2020 a ligação aérea entre a Cidade de Maputo e a capital portuguesa, Lisboa. É um investimento sem viabilidade conhecida e acontece numa altura em que a companhia de bandeira nacional continua em situação de falência técnica e incapaz de pagar sequer 3,4 biliões de Meticais que deve há vários anos em taxas aeroportuárias no nosso país.

Actualizado em Terça, 08 Outubro 2019 07:19
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Domingo, 06 Outubro 2019 22:11

Foto da Presidência da RepúblicaO Presidente da República avisou que o seu Governo está atento aos ataques que se registam no Centro e Norte de Moçambique, “não estamos distraídos e não nos podem distrair” deixou claro Filipe Nyusi que enfatizou “não vamos deixar com que o povo morra sem protecção”. Entretanto o académico Adriano Nuvunga disse ao @Verdade que a incapacidade do Executivo conter a Junta Militar da Renamo e os insurgentes de Cabo Delgado poderá dar-lhes “base política”.

Actualizado em Segunda, 07 Outubro 2019 07:18
 
Escrito por Adérito Caldeira   
Quarta, 02 Outubro 2019 23:08

Foto do STAEO cada vez menos livre, sem transparência e injusto processo eleitoral em Moçambique continua a somar custos exorbitantes. O @Verdade descobriu que os 3 mil Mobiles ID e assessórios adquiridos para o recenseamento desde ano custou 1,7 bilião de meticais, são cerca de 569 mil Meticais por cada kit... mais caro do que as habitações da maioria dos cidadãos moçambicanos.

Actualizado em Quinta, 03 Outubro 2019 07:58
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 7 de 114