Escrito por Emildo Sambo   
Segunda, 30 Março 2015 08:20

No quarto e último dia da IV Sessão Ordinária do Comité Central do partido Frelimo, que decorria na Matola, cidade industrial, Armando Guebuza colocou à disposição a presidência desta formação política, uma decisão que surge depois de muita fricção interna e pública. Os seus prosélitos não se fizeram de rogados, aceitaram o acto e, naturalmente, legitimaram o que já se vaticinava: Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique, acumulou este cargo com o de Presidente da Frelimo, tendo sido eleito com 98.4% de votos, num processo que registou dois votos em branco e um nulo.

Actualizado em Segunda, 30 Março 2015 08:37
 
Escrito por Emildo Sambo   
Sexta, 27 Março 2015 09:02

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, vai continuar a obedecer ao partido do qual é simplesmente mais membro até à realização do XI Congresso, órgão supremo da FRELIMO, que entre outras atribuições revê e aprova os Estatutos e elege o presidente desta formação política, caso não haja internamente uma força que convença ao seu antecessor Armando Guebuza a renunciar ao cargo. Num discurso acutilante e interpretado pelos “camaradas” como intimidatório, Guebuza declarou que a formação política que dirige tem os seus órgãos como referência e os seus membros fazem o que eles decidem e orientam, o que pode significar que sem pressão dos seus prosélitos ele não irá deixar o cargo de forma voluntária, podendo continuar até 2017.

Actualizado em Sexta, 27 Março 2015 15:20
 
Escrito por Intasse Sitoe   
Quinta, 26 Março 2015 08:27

“Que fique claro que não perdemos o amor pelo ensino (...). Apenas não temos a motivação para continuarmos a ser didactas. Nada dignifica-nos porque até mesmo a bata de cor branca tem sido difícil adquirirmos. Mas, reiteramos que continuaremos a educar as crianças (...)”, eis o desabafo de um dos docentes acusados pelas alunas de proferirem ameaças tais como: “caso não mantenhas relações sexuais comigo, fiques sabendo que excluis a minha disciplina”.

Actualizado em Quinta, 26 Março 2015 09:29
 
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 25 Março 2015 08:24

Os moradores de cinco quarteirões de Mafuiane, na província de Maputo, vivem apavorados, inseguros e desconhecem o destino que o futuro lhes reserva. Ao cair da noite não dormem ou pernoitam foram da sua povoação porque um grupo de malfeitores à solta, supostamente desconhecido, faz e desfaz a seu bel-prazer. Há violações sexuais, assaltos a residências e estabelecimentos comerciais com recurso a armas brancas. As acções das autoridades com vista a refrear este problema são fracas de tal sorte que as vítimas acreditam haver conivência entre os meliantes e a Polícia.

 
Escrito por Reinaldo Luís Nhalivilo   
Terça, 24 Março 2015 09:24

Anda-se a dizer por aí, à boca grande, que, contrariamente ao que, supostamente, devia acontecer – expandir as delegações e os seus trabalhos a todo o território nacional, justificando, desta feita, o nome outorgado – a Associação Moçambicana de Autores (SOMAS) tem representação em Maputo apenas e com as suas atenções viradas, meramente, para a música. O @Verdade travou uma cavaqueira com o secretário-geral, Domingos Carlos Pedro, ou simplesmente Domi Chirongo, de seu nome artístico, que nos falou da actual realidade, dos desafios e, sobretudo, dos planos do novo elenco, composto por fotógrafos, músicos, estilistas, jornalistas, escritores e actores de teatro.

Actualizado em Quinta, 26 Março 2015 09:48
 
Início Anterior 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 Seguinte Final

Pág. 78 de 88