Agentes económicos desonestos não pagam multas e INAE ameaça recorrer à cobrança coerciva
Destaques - Economia
Escrito por Emildo Sambo   
Quarta, 13 Dezembro 2017 08:49

As multas aplicadas aos agentes económicos por prática de diversas irregularidades, algumas das quais colocam em perigo a saúde dos consumidores, não estão a ser devidamente cobradas, em parte por incapacidade da própria Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE), que alega que a dificuldade prende-se com a falta de um sistema informático que lhe permite efectuar o registo dos devedores e pagadores. A entidade acusa, também, os agentes económicos de não levarem a sério que as multas devem ser pagas.

Actualizado em Sábado, 16 Dezembro 2017 07:38
 
Velhas estratégias para combater velhos problemas no comércio moçambicano
Destaques - Economia
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 12 Dezembro 2017 07:27

Os desmandos protagonizados pelos agentes económicos e/ou proprietários de alguns supermercados e estabelecimentos comerciais continuam arrepiantes e reúnem todas as condições para colocar a saúde dos moçambicanos pode estar em perigo. Segundo a inspectora-geral da Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE), Rita Freitas, os problemas de higiene e limpezas, por exemplo, fazem-se sentir igualmente nos estabelecimentos comerciais que funcionam nos aeroportos do país, onde se esperava que a situação fosse saudável.

Actualizado em Quarta, 13 Dezembro 2017 09:05
 
Instituto de Cereais de Moçambique vai ser fiador das indústrias de processamento do milho
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Segunda, 04 Dezembro 2017 08:29

O Instituto de Cereais de Moçambique(ICM) tem 6 milhões de dólares norte-americanos para usar como fiador das indústrias privadas de agro-processamento e pequenos agentes de comercialização que enfrentam dificuldades financeiras para adquirirem todo o milho produzido na recente campanha agrícola. “(...)Nós pagamos ao produtor que fornece à indústria que processa e tem 45 a 60 dias para fazer o reembolso” revelou ao @Verdade o diretor-geral da instituição, João Macaringue.

Actualizado em Terça, 12 Dezembro 2017 07:55
 
Produtos contrafeitos abundam nos mercados de Maputo
Destaques - Economia
Escrito por Emildo Sambo   
Terça, 12 Dezembro 2017 07:28

Há cada vez mais produtos falsificados colocados à venda nos mercados moçambicanos, em particular na cidade de Maputo. Os mesmos vão desde produtos alimentares, passar por bens de consumo, até aos artigos de escritório. A Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE) diz que está a fazer o trabalho que lhe compete com vista a travar este tipo de desmando, mas a situação é preocupante e, algumas vezes, tem enfrentado dificuldades para impor a ordem.

Actualizado em Quinta, 14 Dezembro 2017 12:51
 
Bancos comerciais ignoram redução das taxas directoras e da “Prime Rate” e mantêm os seus spreads altos
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira   
Sexta, 24 Novembro 2017 08:11

Os bancos comerciais, salvo o Standard Bank e o Moza Banco, ignoraram a recente redução das taxas directoras do Banco de Moçambique(BM) e deixaram altos os seus spreads para o mês de Dezembro. Contudo a redução da “Prime Rate” poderá começar a minimizar as insuportáveis suas taxas de juro que têm gerado grandes margens financeiras para os banqueiros.

Actualizado em Quarta, 29 Novembro 2017 07:39
 
Início Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte Final

Pág. 1 de 150