Produção de raízes e tubérculos vai crescer 3,7% em Moçambique
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã  
Segunda, 23 Junho 2014 13:59
Share/Save/Bookmark

A produção de raízes e tubérculos para fins alimentares deverá ser de 6660 toneladas neste 2014, volume que corresponde a um aumento de 3,7% em relação ao ano passado.

A aposta naquelas culturas visa minimizar os efeitos da insegurança alimentar que continua a flagelar grande parte da população moçambicana, segundo o Ministério da Agricultura (MINAG).

Concretamente, as raízes e tubérculos são usados para o fabrico de pão, através da farinha de mandioca, bolos e sumos de alto valor nutritivo, pela batata-doce de polpa alaranjada, explica, a título de exemplo, aquela instituição governamental, realçando que o Executivo moçambicano está a dinamizar a sua produção, a partir do aumento das áreas de cultivo e melhoria da sua qualidade.

Os trabalhos de melhoramento da qualidade de raízes e tubérculos para consumo alimentar estão a ser assegurados por pesquisadores adstritos ao Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), acrescenta o MINAG, realçando que a iniciativa está a ser feita de acordo com as condições agroecológica e socioculturais de cada região do país.

O recurso a raízes e tubérculos proporciona, igualmente, o surgimento de mais unidades de processamento daquelas culturas e consequente geração de mais postos de trabalho, acrescenta o Ministério da Agricultura.

Refira-se que cerca de 300 mil pessoas sofrem de insegurança alimentar e nutricional no país, necessitando de ajuda imediata.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 23 Junho 2014 16:13
 
Avaliação: / 0
FracoBom