Algodão rende cerca de USD 21,2 milhões no 1º semestre de 2014
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã  
Segunda, 13 Outubro 2014 13:15
Share/Save/Bookmark

Moçambique encaixou cerca de USD 21,2 milhões em receitas de exportações de algodão-fibra para os mercados da União Europeia (UE), Ásia e Ilhas Maurícias, ao longo do primeiro semestre do presente ano de 2014.

Porém, quase todo volume exportado, ou seja, perto de 12 mil toneladas, é excedente da anterior campanha agrícola do algodão 2012/13, apurou o jornal Correio da manhã junto do Instituto do Algodão de Moçambique (IAM) à margem dos preparativos finais para a reunião do balanço das actividades do sector nos primeiros seis meses do corrente ano.

decisão de congelar a exportação do algodão-fibra referente à produção de 2013 foi uma “estratégia pensada”, disse fonte do IAM, justificando que a medida visava colocar aquele produto no mercado internacional a bom preço, porque no período se registou uma oscilação negativa de preço do chamado “ouro branco”.

Concretamente, da produção da presente campanha agrícola de algodão referente a 2014, Moçambique só exportou 1,6 mil toneladas de algodão-fibra entre Janeiro e Junho deste ano, esclareceu aquela instituição subordinada ao Ministério da Agricultura (MINAG), que vendeu o produto ao preço de dois mil dólares norte-americanos/tonelada, uma ligeira descida de cêntimos face ao igual período do ano anterior.

Refira-se que projecções para até finais de 2014 apontam para um volume de exportação de cerca de 41,8 mil toneladas de algodão-fibra, cujas receitas serão na ordem dos USD 67,3 milhões, de acordo ainda com o Instituto de Algodão de Moçambique.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 13 Outubro 2014 15:55
 
Avaliação: / 0
FracoBom