Standard Bank incentiva empoderamento e inclusão da mulher na economia
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  
Sexta, 06 Abril 2018 07:23
Share/Save/Bookmark

Foto de Fim de SemanaNo âmbito da celebração do Dia da Mulher Moçambicana, a Incubadora de Negócios do Standard Bank acolheu um seminário de motivação, destinado a mulheres estabelecidas no ramo dos negócios ou aspirantes a empreendedoras.

Denominado “Liderança no Feminino”, para além de motivar as mulheres a apostar no empreendedorismo, o seminário teve como objectivo dar visibilidade aos seus negócios e, por via disso, alargar o seu acesso ao mercado às redes de negócios.

O seminário foi promovido pela ATITTUDE, uma empresa que oferece soluções de recrutamento de jovens para programas de estágio, trabalho permanente e temporário, em parceria com o Standard Bank, através da Incubadora de Negócios.

Conforme explicou Sasha Vieira, responsável pela Incubadora de Negócios do Standard Bank, este evento enquadra-se nas iniciativas concebidas pelo banco, com vista ao empoderamento e à inclusão da mulher na economia.

“O Standard Bank aposta no empoderamento das mulheres, que é um passo importante para o alcance do tão almejado crescimento inclusivo. A inclusão das mulheres na economia vai permitir que elas tirem proveito das oportunidades que o País oferece em diversas áreas, mas para que tal aconteça é importante que adquiram a capacidade de liderar”, disse a responsável pela Incubadora de Negócios.

“A importância deste seminário reside no facto de ter trazido três mulheres empreendedoras, que partilharam as suas histórias, o seu percurso no mundo dos negócios, os obstáculos e os desafios que enfrentaram, e isso ajuda a inspirar as outras a transformar as suas ideias em negócios”, acrescentou Sasha Vieira.

Por seu turno, Marlene de Sousa, directora executiva da ATITTUDE, considerou que, através da partilha de experiências nos negócios por parte das oradoras, o seminário “Liderança no Feminino” vai ajudar as mulheres a ganharem coragem para materializar as suas ideias.

“As oradoras falaram dos obstáculos e das oportunidades que existem no País e isso fez perceber às participantes que têm de ser persistentes e determinadas para singrar no mercado”, referiu Marlene de Sousa.

O seminário teve como oradoras Gérsia Sequeira, da ITIS (tecnologias de informação e comunicação), Márcia Maposse, da BINDZU (agronegócio) e Tânia Americano, da R&Y (consultoria em recursos humanos).

O empreendedorismo feminino enquadra-se no crescimento inclusivo, um pilar transversal a todas as actividades da Incubadora de Negócios do Standard Bank, que tem como foco a inclusão do género, juventude e do sector informal.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 1
FracoBom