Lançada pelo Standard Bank: Nova ATM aceita depósitos de até mil notas por minuto
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  
Sexta, 11 Maio 2018 11:57
Share/Save/Bookmark

Foto de Fim de SemanaPara facilitar a vida dos consumidores dos seus produtos e serviços, o Standard Bank anunciou, na abertura da quinta edição da MozTech-Expo Digital de Moçambique, que arrancou, na quarta-feira, 9 de Maio, o lançamento, no mercado, de quatro inovações tecnológicas, que proporcionarão uma experiência única aos utentes.

Esta instituição financeira centenária entende que a tecnologia visa assegurar a qualidade de vida das pessoas e o progresso das nações, sendo que as inovações ora lançadas no mercado assentam em três pilares básicos, nomeadamente a segurança, rapidez e simplicidade.

Os produtos anunciados pelo Standard Bank, na maior feira digital do País, são a autenticação no NetPlus App/mobile banking com recurso à impressão digital, navegação no NetPlus App/mobile banking sem encargos de megas e crédito para utilizadores da rede Vodacom, abertura de conta online no NetPlus/internet banking e a máquina de grandes depósitos.

O director de Marketing e Comunicação do Standard Bank, explicou, a propósito, que a máquina de grandes depósitos foi concebida para depósitos de notas em massa e destina-se às grandes empresas, bem como a particulares ou empresários em nome individual.

“A máquina tem a capacidade de processar até mil notas por minuto, o que representa uma mais-valia para os utilizadores no concernente à racionalização do tempo”, frisou Alfredo Mucavela.

A cerimónia oficial de abertura da MozTech foi presidida pelo ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, que, na ocasião, enalteceu os esforços do Governo na implementação de políticas que asseguram o direito dos cidadãos acederem às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

“No sector das comunicações, criámos o Fundo do Serviço de Acesso Universal (FSAU) que, através da implementação de projectos específicos garante que o cidadão moçambicano, independentemente do local onde estiver, de difícil acesso ou não, se comunique e beneficie dos serviços de valor acrescentado”, disse.

Como resultado do trabalho realizado por este fundo, conforme indicou o governante, foram construídas 30 estações de telefonia móvel celular, o que permitiu que as populações dos distritos de Moamba, na província de Maputo, Caia e Gorongosa, na província de Sofala, Alto-Molócuè, Luabo e Inhassunge, na Zambézia, Ribáuè, Monapo e Nacala-a-Velha, em Nampula, tivessem acesso às comunicações e ao mundo.

Importa realçar que a quinta edição da MozTech decorre sob o tema “Construção de uma sociedade de conhecimento hiperconectada” e visa fomentar a cultura tecnológica como pilar para o crescimento e desenvolvimento económico em Moçambique.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom