Universidade Politécnica forma estudantes em Empreendedorismo
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  
Sexta, 18 Maio 2018 07:28
Share/Save/Bookmark

Um total de 18 estudantes acaba de ser formado em Empreendedorismo, pela Incubadora Tecnológica e de Empresas (ITE), da Universidade Politécnica, no âmbito de um protocolo celebrado entre esta instituição privada de ensino superior e a Erasmus Centre for Entrepreneurship, da Holanda.

Os 18 graduados receberam na quarta-feira, 16 de Maio, os respectivos certificados de conclusão deste curso extra-curricular e que teve a duração de duas semanas, na Escola Superior de Altos Estudos e Negócios (ESAEN), uma unidade orgânica da Universidade Politécnica.

Este curso, coordenado pela Universidade Politécnica em parceria com a Erasmus Centre for Entrepreneurship, um centro de promoção de empreendedorismo da Universidade Erasmus de Roterdão, na Holanda, visa impulsionar as habilidades e atitudes empreendedoras na comunidade universitária.

Espera-se que este curso contribua para o estabelecimento de uma disciplina sobre o empreendedorismo, nos cursos oferecidos pela Universidade Politécnica, seguindo, para todos os efeitos, os mais altos padrões da Erasmus Centre for Entrepreneurship.

Na intervenção que marcou o encerramento desta formação, Rosânia da Silva, Pró-­Reitora para Pós-­Graduação, Investigação Científica, Extensão Universitária e Cooperação da Universidade Politécnica, referiu que a entrega dos certificados aos cursantes simboliza que a ITE está a dar frutos: “Sempre sonhei com esta incubadora e quando ela foi inaugurada no ano passado, fiquei à espera de resultados, esses que hoje chegaram com a formação dos 18 estudantes”, assegurou.

Num outro desenvolvimento, Rosânia da Silva disse esperar que os projectos apresentados pelos estudantes se tornem realidade. “Todas as ideias de negócio apresentadas durante a formação espelham as necessidades reais do nosso dia-a-dia, que podem muito bem ser transformadas em empresas”, manifestou.

A representante da Erasmus Centre for Entrepreneurship, Annique de Greef, disse, por sua vez, estar bastante satisfeita, por ver que os graduados apresentaram ideias reais de negócio. “É emocionante ver que, em apenas duas semanas, vocês foram capazes de criar excelentes projectos de negócio, que vão de encontro com as necessidades do mercado moçambicano”, revelou Annique de Greef.

Por outro lado, a representante da Erasmus Centre for Entrepreneurship elogiou os formadores da ITE da Universidade Politécnica pela forma como conduziram o curso: “Se em duas semanas, os participantes deste curso foram capazes de produzir estas excelentes ideias de negócio, imaginem se fosse por mais tempo”, considerou.

Em representação dos graduados, Dalvia Boene começou por agradecer às instituições que se uniram para realizar este curso de formação, “pela oportunidade que nos deram de aprender mais, sobre empreendedorismo”.

“Quando chegámos aqui, tínhamos a ideia de que o empreendedorismo era ler sobre a administração de empresas e outras teorias. Mas aqui compreendemos que era mais do que isso.

Empreendedorismo não se aplica somente em negócios, é uma actividade que afecta as nossas vidas”, revelou.

Importa ainda referir que esta formação insere-se no âmbito de um protocolo celebrado entre o consórcio liderado pela Universidade Politécnica, no qual integram o Instituto Superior de Ciências e Tecnologias de Moçambique (ISCTEM) e a Universidade Eduardo Mondlane (UEM), com a Erasmus Centre for Entrepreneurship da Holanda.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Sexta, 18 Maio 2018 08:34
 
Avaliação: / 0
FracoBom