Reestruturação e fusão da TDM-mcel: Empossados novos directores
Destaques - Economia
Escrito por www.fimdesemana.co.mz  
Terça, 31 Julho 2018 21:38
Share/Save/Bookmark

Foto de Fim de SemanaNo âmbito do processo de reestruturação e fusão das empresas Telecomunicações de Moçambique (TDM) e Moçambique Celular (mcel), foram empossados na terça-feira, 31 de Julho, os novos directores de função e regionais, que passam a fazer parte da nova estrutura orgânica transitória.

São, no total, treze directores, seleccionados através de um processo independente, conduzido por um painel constituído por quadros da TDM-mcel bem como por convidados provenientes de diversas empresas e instituições de renome nacionais e estrangeiras.

Trata-se de Luís Pililão (director de Sistemas de Informação), Pedro Gil (director Técnico), Carla Marra (directora de Contabilidade e Finanças), Samuel Mandlate (director de Planeamento e Finanças Corporativas), António Faria (director de Logística e Serviços Gerais), Nelson Chacha (director de Marketing), Guilherme Muchanga (director de Pessoal e Organização), Aurélio Matavel (director de Negócios), Alexandre Buque (director da Unidade de Procurement e Gestão de Contratos), Arnaldo Mateus (director da Unidade de Wholesale, Interligação e Roaming), Celso Ferreira (director Regional Sul), Bonifácio Raposo (director Regional Centro) e Jusab Esmail (director Regional Norte).

Na ocasião, o presidente do Conselho de Administração da TDM-mcel, Mahomed Rafique Jusob, referiu que o processo de selecção dos novos directores foi conduzido em estrita observância aos princípios de transparência e abertura, e em coordenação com os comités das duas empresas.

Os quadros ora empossados vão dar suporte ao Conselho de Administração no processo de reestruturação e fusão da TDM e da mcel, virado para a defesa dos trabalhadores, dos interesses das duas instituições e da nação. Por isso, “identificámos quadros com qualidade, talento e outras características, não só de carácter técnico, mas também de carácter humano, com integridade e probidade reconhecidas, que vão ajudar a levar a cabo a transformação e fusão das duas empresas”.

Num outro desenvolvimento, o PCA reconheceu a complexidade de um processo de reestruturação e fusão de empresas, tendo, por isso, apelado para uma incondicional dedicação e entrega por parte dos empossados.

“Os desafios são grandes, mas o maior é connosco próprios. É a entrega inequívoca e incondicional ao objectivo que foi definido para a reestruturação e fusão das duas empresas. Vamos seguir o caminho de revolução e transformação permanente, dentro das boas regras de gestão, virada para a melhoria contínua da nossa eficácia”, disse o presidente do Conselho de Administração da TDM-mcel.

“O compromisso deste Conselho de Administração é com a boa gestão, a liderança dinâmica e a transparência nos processos”, acrescentou Mahomed Rafique Jusob, que disse contar com quadros qualificados e empenhados em desenvolver a TDM-mcel e servir a nação.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quarta, 01 Agosto 2018 07:16
 
Avaliação: / 0
FracoBom