Calotes da Dívida Externa e detenção de Manuel Chang estarão a enfraquecer o Metical
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira  
Quarta, 23 Janeiro 2019 06:23
Share/Save/Bookmark

Foto de Adérito CaldeiraA moeda moçambicana continua a perder força, em relação a principais divisas, depois de ter iniciado 2019 nos 62,06 meticais por dólar norte-americano nesta segunda-feira(21) esteve a ser vendido a 62,40 meticais. Para além da pressão do pagamento de vários importações economista entrevistado pelo @Verdade indicou os calotes à Dívida Externa comercial assim como a detenção de Manuel Chang como factores desta depreciação.

Depois ter sido cotado no último dia útil de 2018 a 62,06 meticais por dólar a moeda de Moçambique continuou a depreciar-se em relação as principais divisas, com particular destaque para a moeda norte-americana.

No dia 4 de Janeiro depreciou-se para 62,09, dia 11 foi vendido a 62,23 e fechou a semana passada nos 62,39 meticais por dólar, voltando a enfraquecer nesta segunda-feira(21) para os 62,40.

A trajectória decrescente da moeda nacional tem sido assinalada pelo Banco de Moçambique durante o último trimestre de 2018. “No período posterior à reunião do Comité de Política Monetária de 22 de Outubro, a taxa de câmbio do Metical face ao Dólar dos EUA manteve uma tendência para depreciação, motivada pelo fortalecimento da moeda dos EUA no mercado internacional e por uma maior procura de divisas no mercado doméstico. Assim, depois de 60,61 MZN em finais de Outubro, a taxa de câmbio média praticada pelos bancos comerciais com o público situou-se em 61,48 MZN no dia 12 de Dezembro.”

No entanto um economista explicou ao @Verdade que o enfraquecimento da moeda moçambicana também está relacionada com os vários compromissos que o Estado tem de pagar em divisas, citando o colateral que tem de ser desembolsado para a importação dos combustíveis líquidos e os gastos que os cidadãos mais abastados fizeram durante as férias da quadra festiva.

A nossa fonte apontou ainda os calotes que Moçambique está a dar aos investidores das dívidas ilegais assim como ao Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social do Brasil e a detenção do ex-ministro das Finanças, Manuel Chang, como factores que estão a enfraquecer o metical.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Domingo, 27 Janeiro 2019 11:15
 
Avaliação: / 3
FracoBom