Combustíveis voltam a baixar, mas Governo está a “roubar” aos moçambicanos
Destaques - Economia
Escrito por Adérito Caldeira  
Quarta, 21 Agosto 2019 20:41
Share/Save/Bookmark

Foto de Adérito CaldeiraAproveitando a baixa do preço do barril de petróleo e a valorização do Metical o Governo voltou a reduzir os preços dos combustíveis líquidos em Moçambique, nesta quinta-feira (22) a gasolina reduz 0,87 por cento e o gasóleo 1,65 por cento. Porém o @Verdade apurou que o Executivo de Filipe Nyusi está a “roubar” aos moçambicanos pois está a poupar cerca de 87 milhões de dólares mensais na importação da gasolina e do gasóleo desde Março.

O litro de gasolina passa a custar 66,49 Meticais, contra os anteriores 67,07, o litro do gasóleo reduz de 64,55 para 63,51 Meticais, o petróleo de iluminação baixa dos anteriores 49,08 para 48,44 Meticais, o gás de cozinha fica mais barato quase 2 Meticais por quilo, custa 63,26 Meticais. O gás natural comprimido, para viaturas, mantém-se nos 30,35 Meticais por litro.

O director nacional de combustíveis e hidrocarbonetos no Ministérios dos Recursos Minerais e Energia, Moisés Paulino, justificou “a redução dos preços dos combustíveis e outros produtos petrolíferos surge na sequência da variação favorável no mercado internacional mas também da estabilidade da taxa de cambio interbancária nos últimos meses”.

Depois da redução de Abril passado esta nova baixa seria uma boa notícia não fossem tão pequenas as reduções dos preços quando comparado com os milhões de dólares que o Governo de Filipe Nyusi está a poupar desde que o preço do barril de petróleo quedou-se para cerca de 60 dólares e a moeda nacional valorizou-se para aproximadamente 61 Meticais por dólar norte-americano.

O @Verdade descobriu que quando em Novembro de 2018 o Executivo iniciou a redução dos preços dos combustíveis a factura mensal de importação da gasolina, por exemplo, rondava os 84 milhões de dólares norte-americanos no entanto em Abril, quando aconteceu a segunda redução nos preços para os moçambicanos, a factura mensal de importação foi de somente 14,5 milhões de dólares.

Portanto a factura importação da gasolina baixou 83 por cento e o Governo tem poupado mais de 70 milhões de dólares mensais desde Março, no entanto para os moçambicanos o litro reduziu somente 2,4 por cento e agora 0,58 por cento.

Já a factura de importação do gasóleo foi de 26 milhões de dólares em Novembro e em Abril o Executivo de Nyusi pagou apenas 16,9 milhões de dólares, apurou o @Verdade na Balança de Pagamentos compilada pelo Banco de Moçambique.

Quer isso dizer que o custo do gasóleo baixou 65 por cento, uma poupança mensal na ordem de 17 milhões de dólares, que não foi reflectida no preço que os moçambicanos pagam pois o litro em Abril só reduziu 1,6 por cento e agora 1,04 por cento.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Domingo, 01 Setembro 2019 17:45
 
Avaliação: / 1
FracoBom