África vai crescer acima dos 5% até 2017
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã   
Quinta, 09 Outubro 2014 13:54

O continente africano deverá crescer 5,2% neste e no próximo ano, melhorando ligeiramente para 5,3% em 2017, a mais rápida expansão económica desde a crise de 2009, prevê o relatório Africa’s Pulse, divulgado pelo Banco Mundial.

Actualizado em Quinta, 09 Outubro 2014 15:48
 
Taxa de cobertura das importações aumenta 0,5% no 1.º semestre de 2014 em Moçambique
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã   
Quinta, 09 Outubro 2014 06:57

O nível de cobertura das importações aumentou em cerca de 0,5% no primeiro trimestre de 2014, para 4,2 meses, contra a meta inicial estabelecida pelo Governo de 3,7 meses, situação que ficou a dever-se ao crescimento da economia moçambicana registada no período que foi na ordem de 7,5%.

 
Moçambique no grupo de quatro países “mais radicais” da África subsaariana
Destaques - Economia
Escrito por Correio da Manhã   
Quinta, 09 Outubro 2014 06:54

Aldeões de Moçambique, Zâmbia, Malawi e Quénia são tidos como os “mais radicais e desconfiados” a nível dos países da África subsaaariana, no que respeita às reformas em curso do sector agrário para permitir maior envolvimento do sector privado na produção de alimentos básicos na região.

 
Governador do Banco de Moçambique não exclui cartelização bancária nas taxas de juro
Destaques - Economia
Escrito por Lusa   
Terça, 07 Outubro 2014 18:30

O governador do banco central de Moçambique disse nesta segunda-feira(06) que não exclui a possibilidade de os maiores bancos que operam no país estarem a actuar em cartel na definição das taxas de juro a cobrar pelos empréstimos.

 
Preços de produtos alimentares diminuíram nas três principais cidades moçambicanas
Destaques - Economia
Escrito por Redação   
Terça, 07 Outubro 2014 16:58

Nas cidades de Maputo, da Beira e de Nampula, os preços de produtos alimentares e bebidas não alcoólicas registaram uma diminuição de 0,17 porcento negativos durante o mês de Setembro passado e, por conseguinte, contribuíram para a queda da inflação, mas houve subida do preço do peixe seco e fresco, refrigerado ou congelado na ordem de 0,15 porcento na inflação total, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Actualizado em Terça, 07 Outubro 2014 17:26
 
Início Anterior 261 262 263 264 265 266 267 268 269 270 Seguinte Final

Pág. 263 de 283