Primeiro-Ministro desafia novo PCA da EDM a garantir energia com qualidade e fiável aos moçambicanos
Destaques - Economia
Escrito por Redação   
Sexta, 28 Agosto 2015 08:23

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, desafiou Mateus Magala, novo PCA da Electricidade de Moçambique (EDM), a assegurar o fornecimento de energia eléctrica com qualidade, segurança e fiabilidade aos moçambicanos e, também, transformar a empresa numa referência nacional, regional e internacional. Todavia, os cortes na provisão de serviço público têm sido frequentes, quase todos os dias, em todos os centros urbanos do país.

 
Mais de nove mil estrangeiros autorizados a trabalhar em Moçambique no primeiro semestre de 2015
Destaques - Economia
Escrito por Redação   
Sexta, 21 Agosto 2015 08:53

No primeiro semestre deste ano, 9.281 cidadãos estrangeiros foram autorizados a trabalhar em diversas áreas de actividade em Moçambique. Deste grupo, 1.856 indivíduos tinham contratos de curta duração até 30 dias e outros 857até 180 dias.

 
Nacala-Porto terá fábrica de extracção de óleo de casca de castanha de caju para indústria aeronáutica
Destaques - Economia
Escrito por Luís Rodrigues   
Quinta, 20 Agosto 2015 09:08

Uma fábrica de extracção de óleo de casca de castanha de caju vai entrar em funcionamento, a partir de 2017, na cidade portuária de Nacala-Porto, em Nampula para, entre vários objectivos, alimentar a indústria de aviação civil. Os preparativos para a materialização do referido projecto, que conta com o financiamento do Governo e parceiros de cooperação, estão numa fase avançada, segundo o delegado provincial do Instituto Nacional de Fomento do Caju (INCAJU), Jaime Chissico.

 
Governo de Nampula suspende empresa de fomento do algodão por várias irregularidades
Destaques - Economia
Escrito por Luís Rodrigues   
Quinta, 20 Agosto 2015 09:06

A Novos Operadores, uma empresa ligada ao fomento do algodão, no posto administrativo de Corrane, distrito de Meconta, em Nampula, viu-se forçada a interromper as suas actividades na presente campanha agrícola, devido à falta de capacidade técnica e desrespeito aos produtores que operam naquela região.

 
Pensionistas não levantam seus fundos em Nampula e INSS diz que não consegue localizá-los
Destaques - Economia
Escrito por Leonardo Gasolina   
Quinta, 19 Novembro 2015 08:17

Dos 2.998 pensionistas existentes na província de Nampula, e que auferem mensalmente valores que variam de 3.342.18 a 108.000 meticais, um número considerável deles, ainda sem contas bancárias, não se dirige aos pontos de levamentos dos montantes a que têm direito por razões até aqui desconhecidas; mas suspeita-se que seja por causa das longas distâncias que alguns percorrem para o efeito. Por isso, cheques emitidos a seu favor são constantemente devolvidos ao Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

Actualizado em Sexta, 18 Dezembro 2015 08:05
 
Início Anterior 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 Seguinte Final

Pág. 282 de 331