Empreiteiros dizem que há infiltrados na área de construção civil em Nampula
Destaques - Economia
Escrito por Luís Rodrigues   
Segunda, 13 Julho 2015 09:27

A Associação dos Empreiteiros de Nampula (AEMPRENA) afirma a existência de empresas e/ou de indivíduos que se fazem passar por operadores do ramo de construção civil sem capacidade técnica e equipamento mínimo exigível para a execução de determinadas obras públicas e privadas a nível desta parcela do país. Estes pronunciamentos foram feitos à margem da cerimónia da Feira Oteka, que juntou diversos empreiteiros da província de Nampula.

 
Mais de cinco mil famílias em risco de fome na província de Sofala
Destaques - Economia
Escrito por AIM   
Quinta, 09 Julho 2015 07:58

Mais de cinco mil famílias camponesas estão sob ameaça de fome no distrito de Machanga, província central de Sofala, na sequência das chuvas irregulares que comprometeram os resultados da campanha agrícola 2014/15 naquele ponto do país. A população enfrenta também a falta de água potável, dificuldade de acesso aos cuidados sanitários e escolas, e as vias de acesso estão em estado precário.

 
Inspecção do Trabalho recupera mais de um milhão de meticais do INSS na Zambézia
Destaques - Economia
Escrito por Redação   
Quinta, 02 Julho 2015 07:28

A Inspecção-Geral do Trabalho (IGT) na Zambézia recuperou 1.775.011,99 meticais do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) das mãos de seis contribuintes (empresas) devedores, na última semana de Junho passado, e diz que a não canalização do montante prejudicava os trabalhadores e seus dependentes.

 
Estrada abandonada há mais de 40 anos está em reabilitação em Nampula
Destaques - Economia
Escrito por Luís Rodrigues   
Terça, 30 Junho 2015 07:36

Arrancaram, no último sábado (27), as obras de reconstrução de uma estrada abandonada nos princípios da década de 70, no posto administrativo de Muatala, na cidade de Nampula, a qual liga o norte ao sul de Moçambique.

 
Moçambique ainda sem estratégia de crescimento económico
Destaques - Economia
Escrito por Lusa   
Quinta, 18 Junho 2015 07:51

Moçambique ainda não definiu as suas estratégias de desenvolvimento económico e já devia tê-las, com indicadores tangíveis num período curto que podia ser de cinco em cinco anos, defendeu José Sulemane, professor do ensino superior, economista e membro do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Actualizado em Quinta, 18 Junho 2015 19:04
 
Início Anterior 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 Seguinte Final

Pág. 189 de 235