"Homem-Aranha" imigrante salva criança em Paris e ganha cidadania francesa
Destaques - Internacional
Escrito por Agências  
Quarta, 30 Maio 2018 09:04
Share/Save/Bookmark

Quando alguns meses atrás Mamoudou Gassama chegou à França em busca de um futuro melhor do que o que podia ser oferecido por seu país natal, o Mali, não pensava que um gesto heróico, gravado por um pedestre e divulgado nas redes sociais, mudaria o seu destino. O jovem, de 22 anos, transformou-se num herói após, na tarde do último sábado, escalar com incrível velocidade quatro andares de um edifício em Paris para conseguir evitar a queda de um menino de 4 anos que estava pendurado do lado de fora da varanda do apartamento em que mora.

Ao contrário das pessoas que assistiam à cena impávidas na rua enquanto um vizinho tentava, impotente, salvar a criança pela varanda vizinha, Mamoudou não hesitou em se lançar ao resgate.

Com uma acção digna de um herói e que o levou a ser chamado pelas principais autoridades francesas de "Homem-Aranha", em cerca de 30 segundos ele escalou a fachada do edifício até chegar ao local em que o menino estava.

O feito o levou na segunda-feira ao Palácio do Eliseu, onde o presidente da França, Emmanuel Macron, quis ouvir dele próprio a incrível história antes de lhe oferecer a cidadania francesa.

Além da nacionalidade, Macron o convidou a integrar o Corpo de Bombeiros - "para que possa repetir diariamente o seu gesto de coragem", segundo palavras do político.

Além de vários pedidos de entrevista, Mamoudou recebeu uma ligação do presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Keita.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom