Ataques aéreos contra porto de pesca iemenita de Hodeidah deixa 26 mortos
Destaques - Internacional
Escrito por Agências  
Sexta, 03 Agosto 2018 09:38
Share/Save/Bookmark

Ataques aéreos realizados nesta quinta-feira por uma coalizão liderada pela Arábia Saudita contra um porto e um mercado de pesca na cidade iemenita de Hodeidah mataram 26 pessoas, disseram fontes médicas do Iémen e agências humanitárias.

O Comité Internacional da Cruz Vermelha disse no Twitter que está enviando equipamentos médicos ao Hospital Al Thawra para tratar 50 pessoas em estado grave depois do ataque.

O hospital disse na rede social Twitter que um ataque visou o seu portão principal e fez dezenas de vítimas, e a agência de notícias Saba, controlada pelos houthis, disse que 40 pessoas morreram na acção.

“É uma visão muito dolorosa, partes de corpos estão por todo lado ao redor dos portões do hospital”, disse uma testemunha à Reuters.

A Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos e aliados sunitas estão lutando no Iémen com apoio ocidental contra os houthis, aliados do Irã, há mais de três anos. Os houthis controlam a maior parte do norte do país, incluindo a capital Sanaa, e forçaram o governo endossado pelos sauditas a se exilar em 2014.

Um porta-voz da coligação não respondeu de imediato a um pedido de comentário da Reuters.

Os ataques ocorreram no momento em que a Organização das Nações Unidas (ONU) tenta obter um acordo de cessar-fogo entre os lados em guerra.

Os houthis iemenitas disseram na terça-feira que estavam suspendendo os ataques no Mar Vermelho unilateralmente por uma quinzena para apoiar os esforços de paz, alguns dias depois de Riad suspender as exportações de petróleo através de uma rota estratégica do Mar Vermelho em reacção a ataques dos houthis contra navios-tanque de petróleo em 25 de julho.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom