Doze pessoas morreram na ultima semana de Maio vítimas de acidentes de viação em Nampula
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Redação Nampula  
Segunda, 02 Junho 2014 14:17
Share/Save/Bookmark

Doze pessoas perderam a vida e outras nove contraíram ferimentos graves e ligeiros, em consequência de sete acidentes de viação registados pela Polícia da República de Moçambique (PRM), entre 24 de Maio passado e 01 de Junho corrente, na província de Nampula.

No domingo (01), por volta das 18h00, um cidadão que em vida respondia pelo nome de Olímpio Saleva, de 65 anos de idade, morreu atropelado quando tentava atravessar a Avenida das Forças Populares de Libertação de Moçambique (FPLM), algures da cidade de Nampula.

No mesmo dia, um jovem identificado pelo nome de Joaquim Colete, de 22 anos de idade, caiu de um camião em movimento, na Estrada Nacional número 1 (EN1), tendo perdido a vida. A desgraça aconteceu numa zona denominada Ntuto, no distrito de Eráti.

Na altura do sinistro, o malogrado encontrava-se a dormir sobre a carga da viatura em alusão. Miguel Bartolomeu, porta-voz da PRM em Nampula, indicou a má travessia de peões, a velocidade excessiva por parte dos automobilistas foi a causa dos dois acidentes em alusão.

Outros sinistros aconteceram nos distritos de Nacala-Porto e Nacarôa, onde 10 pessoas pereceram, seis ficaram gravemente feridas e três contraíram contusões ligeiras, devido ao choque entre motorizadas e viaturas e atropelamentos resultantes, também, da velocidade excessiva e da má travessia de peões. Refira-se que no período em análise, a Polícia de Transito (TP) fiscalizou 3.492 veículos e emitiu 557 multas por diversas transgressões do Código da Estrada.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Segunda, 02 Junho 2014 16:29
 
Avaliação: / 0
FracoBom