LAM nega ocorrência de problemas de insegurança nas suas aeronaves
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Reginaldo Mangue  
Quinta, 26 Junho 2014 19:49
Share/Save/Bookmark

As Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) chamaram a Imprensa, nesta quinta-feira (26), para dizer que as informações recorrentes veiculadas pela media, dando conta de que esta companhia tem sido assolada por problemas relacionados com a segurança das suas aeronaves são falsas e revelam total desrespeito para com os seus profissionais.

 

Marlene Manave, administradora-delegada das LAM, disse, também, que a notícia difundida na última quarta-feira (25), pelo semanário Canal de Moçambique, segundo a qual um motor de um avião desta companhia, que voava para Vilanculos, na terça-feira (24), teria pegado fogo devido à falta de combustível, o que deixou os passageiros a bordo em pânico, não constitui à verdade.

Relativamente aos atrasos sistemáticos de voos da famigerada companhia de bandeira nacional, Marlene Manave, reconheceu o problema e alegou que o mesmo se deve à falta de aeronaves para o reposicionamento de voos em casos de avarias ou quando as condições atmosféricas impedem certas aeronaves de levantar voo.

No que diz respeito a indeminizações para as famílias das vítimas do acidente aéreo que ocorreu no território namibiano, em 2013, Marlene Manave esquivou-se dos jornalistas afirmando que o assunto é da responsabilidade seguradora da companhia.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Actualizado em Quinta, 26 Junho 2014 20:10
 
Avaliação: / 0
FracoBom