25 óbitos por acidentes de viação numa semana em Moçambique
Vida e Lazer - Motores
Escrito por Intasse Sitoe  
Quarta, 08 Julho 2015 09:19
Share/Save/Bookmark

vinte e cinco cidadãos perderam a vida, 17 contraíram ferimentos graves e outros 12 tiveram feridas ligeiras em consequência de 23 acidentes de viação ocorridos nas diferentes rodovias do território moçambicano, durante a semana finda.

Dos 23 acidentes, 11 foram do tipo atropelamento, cinco choques entre veículos, quatro quedas de passageiros e três casos de má travessia de peões, segundo Pedro Cossa, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

O agente da Lei e Ordem lamenta pelo facto de alguns automobilistas conduzirem a alta velocidade e, por conseguinte, ceifarem vidas e semearem luto nas famílias moçambicanas. “Infelizmente há motoristas que se fazem à estrada como se a mesma fosse privada, infringem, deste modo, as regras de trânsito e matam peões”.

Orlando Mudumane, porta-voz do Comando da PRM em Maputo, queixou-se também do facto de alguns automobilistas atropelarem transeuntes e colocarem-se em fuga sem prestarem a assistência necessária. Ele apelou aos automobilistas para que não abandonem as pessoas sinistradas porque algumas delas morrem por falta de socorro.

Ainda no período em alusão, as autoridades apreenderam 420 cartas de condução alegadamente porque os seus titulares conduziam sob o efeito de álcool e 32 livretes devido a diversas infracções.

No que à fiscalização rodoviária diz respeito, a Polícia de Trânsito (PT) inspeccionou pelo menos 31.992 viaturas, das quais apreendeu 51 por diversas irregularidades, passou 5.246 avisos de multa a vários infractores e deteve 38 automobilistas por condução ilegal.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
Avaliação: / 0
FracoBom